Logo Observador
DS

Macron é muito à frente. Já anda num SUV que só chega em 2018

356

Embora a entrega das primeiras unidades esteja agendada apenas para 2018, um cliente especial, Emmanuel Macron, já recebeu o seu novo DS7 Crossback. Veja em detalhe o carro do Presidente de França.

Autor
  • Francisco António

Desvendado oficialmente no passado dia 7 de Março, o DS7 Crossback é o primeiro SUV da ainda jovem marca francesa DS, cujas primeiras unidades deverão começar a ser entregues aos clientes no início de 2018. Bem, não todas. Um cliente, em particular, terá sido digno de alguma antecipação e recebeu já a sua: trata-se de nada mais, nada menos que Emmanuel Macron, o novo Presidente da França. Que na pós-investidura, apesar da chuva, não deixou de desfilar na sua nova viatura presidencial.

Apesar de ainda faltarem cerca de sete meses para que a grande maioria dos futuros proprietários de um DS7 Crossback possam, também eles, desfilar com o seu novo carro, o mais jovem presidente da República Francesa desde Napoleão Bonaparte teve, assim, a honra de ser o primeiro a exibir um DS7 novinho em folha. E, isto, cerca de apenas dois meses após a sua apresentação mundial, em Genebra.

No entanto e no que ao novo carro do presidente de França diz respeito, importa salientar que não se trata, propriamente, de um DS7 normal, mas antes de uma versão única e especialmente concebida para uso de Emmanuel Macron. Equipada, entre outras soluções, com tecto de abrir, logótipos da República Francesa e um porta-bandeira na lateral dianteira do lado direito. E que, exibindo no exterior uma pintura “Ink Blue” e jantes de 20″ com elementos de personalização em dourado, surge conjugada com um interior revestido a couro negro Art Leather (Inspiração Opéra), ao qual foi adicionado uma criação francesa: a tela lacada concebida e fabricada pelo Atelier Maury.

De resto, embora nada tenha sido divulgado quanto à motorização escolhida para impulsionar a principal figura do Estado francês, a DS garante desde já que muitas das soluções e tecnologias presentes no automóvel presidencial serão igualmente disponibilizadas aos clientes ditos regulares, já a partir de Janeiro de 2018. Entre as quais, o DS Connected Pilot, “primeiro passo em direcção à condução autónoma”, e a DS Active Scan Suspension, “o sistema de suspensão da DS para o século XXI”. E que utiliza, inclusivamente, uma câmara para antecipar quaisquer irregularidades no piso.

Como curiosidade, refira-se que, apesar de ter sido sua a honra de estrear o DS7, Emmanuel Macron não será o primeiro Presidente de França a ter como viatura presidencial um DS. Já antes dele, também o General Charles De Gaulle, na década de 60; Georges Pompidou, nos primeiros anos de 70; assim como os seus sucessores Giscard d’Estaing, François Miterrand e Jacques Chirac fizeram de um modelo Citroën/DS o seu automóvel de Estado. Vamos lá recordar estes modelos históricos:

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Venezuela

O drama da comunidade portuguesa na Venezuela

Daniel Bastos

A falta de segurança e o caminho que a Venezuela parece seguir rumo ao abismo estão a levar muitos emigrantes a regressarem para Portugal, sendo já notório que há cada vez mais a voltarem à Madeira.

Família

Guerra e Paz

Margarida Alvim

Há muitas famílias assim. Conjuntos de pessoas que vivem debaixo do mesmo tecto. Os pais sabem de todos, mas cada irmão sabe de si. A razão só pode ser uma: falta de confiança. E falta de amizade.

Catolicismo

Medjugorje: solução à vista?

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

Para um cristão a investigação sobre as supostas aparições de Medjugorge faz sentido, pois deve conhecer a solidez das suas convicções e estar preparado para responder a quem lhe pedir razão da espera