Pintura

Pintura de Picasso leiloada em Nova Iorque por cerca 41 milhões de euros

Uma das mais famosas pinturas de Picasso, que tinha sido roubada pelos nazis, foi agora leiloada em Nova Iorque por 45 milhões de dólares (cerca de 41 milhões de euros).

A mulher representada no retrato cubista trata-se de Dora Maar, fotógrafa e artista, e um dos muitos amores do pintor e escultor.

Uma das mais famosas pinturas de Picasso – que esteve na posse do regime nazi durante a II Guerra Mundial – foi vendida num leilão esta segunda-feira, em Nova Iorque, por uma pequena fortuna. A obra, intitulada “A mulher sentada de vestido azul”, foi adquirida por 45 milhões de dólares (cerca de 41 milhões de euros).

A mulher representada no retrato cubista trata-se de Dora Maar, fotógrafa e artista, e um dos grandes amores do pintor e escultor espanhol. Pablo Picasso pintou a obra no dia do seu aniversário, em 1939, quando tinha 58 anos de idade e Dora 31.

Durante a II Guerra Mundial, os nazis apoderaram-se do retrato, mas este foi recuperado pela resistência francesa, numa das viagens entre Paris e Moravia.

Este é um dos mais importantes retratos de Picasso inspirado pelo amor e pelo seu poderoso desejo sexual, como refere o correspondente de arte da BBC, Vincent Dowd.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site