Logo Observador
Lamborghini

São 20, faltam 18. Dois Centenario entregues

Depois de ter entregue a primeira unidade a um cliente dos Emirados Árabes Unidos, a Lamborghini acaba de “enviar” o segundo Centenario Coupé para Hong-Kong. Contas feitas, restam 18.

Autor
  • Francisco António

Desvendado há cerca de um ano, durante o Salão Automóvel de Genebra, o Lamborghini Centenario é um dos modelos mais exclusivos de sempre da marca de Sant’Agata Bolognese, mercê de uma produção reduzida a apenas 40 unidades – 20 coupés e 20 roadsters. Em Fevereiro foi entregue o primeiro coupé a um cliente nos Emirados Árabes Unidos e, agora, foi a vez de expedir mais um exemplar. Destino: Hong Kong.

Exibindo uma decoração muito próxima à da unidade mostrada em Genebra, marcada desde logo por uma cor exterior em fibra de carbono brilhante, conjugada com pormenores em amarelo, nomeadamente naquele que é um dos maiores difusores traseiros alguma vez vistos, o Centenario entregue a um comprador anónimo residente em Hong-Kong conta ainda com um V12 naturalmente aspirado e a debitar 770 cv de potência. Valores que, de resto, fazem deste modelo o Lamborghini de produção mais potente de sempre.

Com um peso total de apenas 1.520 kg, o Centenario anuncia prestações verdadeiramente excepcionais, a começar, por uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 2,8 segundos, com a passagem dos 0 aos 300 km/h a ser feita em não mais que 23,5 segundos! Já a velocidade máxima, está fixada nos 350 km/h.

Mas se a capacidade de aceleração é verdadeiramente impressionante, o mesmo se pode dizer da travagem. Com o modelo que procura assinalar os 100 anos sobre a morte de Ferruccio Lamborghini a prometer uma capacidade de desaceleração dos 100 km/h para os 0 km/h, em apenas 30 metros, e dos 300 km/h para a imobilização total, em tão só 290 metros. Tudo, graças ao desempenho de um sistema de travagem com discos em carbono e cerâmica, nas rodas dianteiras com 400 mm de diâmetro e conjugados com pinças de seis pistões, ao passo que, na traseiras, com 380 mm de diâmetro e pinças de quatro pistões.

Com as 40 unidades previstas há muito vendidas, embora a entrega dos primeiros coupés só agora tenha começado (o Roadster só deverá começar a chegar aos futuros donos lá mais para a frente), resta apenas recordar um último pormenor: a procura excedeu em muito a oferta, apesar de o Lamborghini Centenario não ter propriamente um preço convidativo, já que começava nos 2 milhões de euros, mais impostos.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt