Logo Observador
Celebridades

Tudo o que se sabe sobre o casamento de Pippa Middleton

Em contagem decrescente para um dos casamentos do ano, reunimos todos os detalhes da união de Pippa Middleton e James Matthews. A irmã da duquesa de Cambridge troca alianças este sábado em Englefield.

Pippa Middleton irá trocar alianças com James Matthews.

AFP/Getty Images

Autor
  • Sílvia Silva

Seis anos depois de Kate Middleton, chega a vez de Pippa Middleton ter o seu casamento de sonho. A irmã de 33 anos da duquesa de Cambridge prepara-se para oficializar a relação com o gestor britânico de fundos de risco James Matthews, de 41 anos, este sábado na igreja de St. Marks, em Englefield, pelas 11h30. O noivo não só estudou no mesmo colégio dos príncipes William e Harry como ainda é proprietário de uma casa na zona de Chelsea, em Londres, no valor de 17 milhões de libras (mais de 19 milhões de euros) onde o casal passará a viver depois do casamento. A família de James Matthews é ainda uma das mais abastadas de Inglaterra, ao estar ligada à indústria hoteleira com lucros avaliados em mais de 1,5 mil milhões de libras (1,75 mil milhões de euros) só no último ano — os pais são donos do Hotel Eden Rock de St Barts.

No entanto, a união nem foi sempre estável. O casal ter-se-á conhecido no ano de 2007, em St. Barts, e começou a namorar em 2012. Depois de uma separação, voltaram a juntar-se em 2015, após o fim do namoro de Pippa com Nico Jackson. Em julho de 2016, a irmã da duquesa foi pedida em casamento com um diamante Asscher como anel de noivado no valor de 260 mil euros e, em março, Pippa e Kate Middleton viajaram até ao resort de Ski Meribel, em França, para a sua despedida de solteira. Uma oferta da família da noiva que, de acordo com a tradição, pagará o casamento. Sabe-se que a mãe das irmãs, Carole Middleton, terá contratado organizadores de casamentos, acabando por concluir que queria fazê-lo ela própria, ou não seria a organização de eventos o negócio da família. Os convites do casamento foram enviados discretamente no Natal, com cartões alusivos à época festiva.

Pippa Middleton, James Matthews e Michael Middleton fotografados à saída de St. Mark’s Church, em Englefield, no dia 25 de dezembro de 2016. (Foto: Andrew Matthews/AFP/Getty Images)

Do vestido ao orçamento

20 de maio foi a data escolhida para a troca de alianças que, segundo o site Bridebook, irá rondar os 300 mil euros — cerca de 15 vezes mais do que uma celebração tradicional. Mas façam-se as contas: o vestido de noite de Pippa custará cerca de 12 mil euros e, ao que tudo indica, será um modelo exclusivo de Giles Deacon; o chapeleiro Stephen Jones é apontado como o criador do véu que ronda os 2 mil euros, o mesmo preço do cabelo e maquilhagem a cargo da equipa Hannah Martin, da Bobbi Brown, e Richard Ward (escolhido por Kate Middleton para o seu casamento com William de Inglaterra). A cerimónia religiosa tem o preço de 541 euros e os vestidos das damas de honor rondam os 3 mil euros. A tradição diz que são necessários três por cada madrinha.

Passando para o catering, a cargo do The Admirable Crichton, a conta da comida ficará por 84 mil euros. As alianças da Cartier custaram 23,6 mil euros (Pippa usará uma com diamantes e James uma lisa). Os meninos das alianças e as meninas das flores, onde estarão os sobrinhos George e Charlotte de Cambridge, serão vestidos por Nicki Macfarlane. O valor do seu trabalho é de 2 mil euros. No total, a decoração ronda os 7 mil euros — à exceção das flores da florista Lavender Green que custarão 19 mil euros. Para registar o enlace do ano, uma equipa de videógrafos cobrará mais de 4 mil euros, a somar aos 8 mil euros da música. Os rumores adiantam que o bolo, no valor de 3 mil euros, sairá das fábricas de Domino Purchas ou Rosalind Miller. À lista juntam-se as lembranças dos convidados que terão um orçamento total de 827 mil euros. De volta aos noivos, o fato Saville Row de James Matthews está avaliado em aproximadamente 7 mil euros. Entre todas as despesas, só o transporte da igreja para o copo de água é que não será pago.

Quando a cerimónia terminar, Pippa e James deverão instalar-se num hotel de luxo da zona (uma noite ronda os 4 mil euros) antes de partirem para o Quénia ou para as Caraíbas em lua-de-mel.

Pippa Middleton e James Middleton fotografados juntos a 11 de julho de 2016 no Palácio de Buckingham. (Foto: Dominic Lipinski-WPA Pool/Getty Images)

Os convidados

Pippa irá casar-se na igreja de St. Marks, em Englefield, e a missa vai ser conduzida pelo reverendo Nick Wynne-Jones. O copo de água acontecerá na quinta da família da noiva, em Bucklebury, com 18 hectares e uma floresta à volta. Estima-se que Michael e Carole Middleton, pais das irmãs Middleton, tenham investido 77 mil euros na quinta, que tem sete quartos e espaço amplo, para dar as boas-vindas a 350 convidados. De acordo com a imprensa internacional, além de alguns membros da família real inglesa estarão presentes os amigos mais próximos de Pippa (Alice St John Webster, Camilla Campion-Awwad, Lord Ted Innes-Ker e a mulher Celia Brook, Earl Percy e a irmã Lady Melissa Percy). A nova namorada do príncipe Harry, Meghan Markle, também é uma das convidadas confirmadas. A atriz já chegou a Londres e foi fotografada no aeroporto de Heathrow na passada terça-feira.

Kate Middleton, irmã de Pippa, irá estar presente com o marido, o príncipe William, e os dois filhos, o príncipe George, de três anos, e a princesa Charlotte, de um. O padrinho da noiva, James Middleton, de 29 anos, poderá ser o membro mais novo da família. Já o irmão de James, Spencer Matthews, de 27 anos, conhecido pela vida mediática com várias namoradas e pelas suas participações em reality shows, é apontado como o padrinho do noivo. Entre as damas de honor estará Tallulah Goldsmith, de 14 anos, que é filha do tio de Pippa Middleton. Como manda a tradição, a dama de honor tem de ser solteira e, uma vez que Kate Middleton é casada, só pode assumir o papel de matron of honour. No entanto, a duquesa de Cambridge fará, provavelmente, uma leitura durante a cerimónia na igreja.

Pippa Middleton como dama de honor no casamento de Kate Middleton, em Londres, no dia 29 de abril de 2011. (Foto: Pascal Le Segretain/Getty Images)

Casamento ou reabilitação de imagem?

Segundo a imprensa internacional, a cerimónia matrimonial traz a sobriedade de volta à imagem de Pippa Middleton. A irmã da duquesa, que chegou a ser descrita nos jornais britânicos como uma “rapariga de festas”, ficou conhecida nos últimos anos pelas fotografias de copo na mão, altamente exploradas pela imprensa, e pelas mudanças de namorado — no seu currículo amoroso dos últimos anos contam-se quatro. Imagens que alegadamente levaram a família real a recomendar a Kate Middleton que se mantivesse discretamente afastada da irmã para o comportamento potencialmente comprometedor de Pippa não afetar a sua imagem.

A verdade é que Kate não voltou a ser fotografada com Pippa – mesmo nos batizados dos dois filhos –, embora ambas estejam várias vezes presentes nos mesmos eventos públicos. Uma discrição que poderá acabar já este sábado, na Igreja de St. Mark, no condado de Berkshire (a cerca de 60 quilómetros de Londres).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Comida

Gastronomia com Ciência

Hélio Loureiro

Uma das práticas e pontos chaves da dieta mediterrânica é o comer em família, partilhar, conviver. A própria palavra, comer tem esse mesmo significado: com (na companhia de...) e er (repetição).

Família

O cabanão (segunda crónica estival)

Maria João Avillez
130

Mas a quem preocupa hoje o esmorecimento do modelo tradicional familiar se ele é propagado como tendo passado de moda, saído de linha, estar “descontinuado”?

Educação

O Filipa e a escola pública

Maria José Melo

Portugal só será realmente um país civilizado quando existir consciência cívica por parte de todos os cidadãos. Foi esta visão que adquiri no Liceu D. Filipa de Lencastre e me acompanhou toda a vida.