OPEP

OPEP e outros países produtores de petróleo prolongam cortes na oferta

A OPEP e outros grandes produtores de petróleo, responsáveis por mais de metade da oferta petrolífera mundial, decidiram prolongar até março de 2018 os cortes na oferta em vigor desde janeiro.

Em finais de 2016, estes países tinham aprovado um corte na produção de 1,8 milhões de barris por dia

WU HONG/EPA

Autor
  • Agência Lusa

A OPEP e outros grandes produtores de petróleo, como a Rússia, responsáveis por mais de metade da oferta petrolífera mundial, decidiram esta quinta-feira prolongar por nove meses, até março de 2018, os cortes na oferta em vigor desde janeiro.

O ministro do Petróleo do Irão, Biyan Namdar Zanganeh, comunicou a decisão a um grupo de jornalistas depois da reunião entre representantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e outros países produtores, informou a agência Efe.

Em finais de 2016, estes países tinham aprovado um corte na produção de 1,8 milhões de barris por dia, com o objetivo de reduzir o excesso de oferta e fazer subir o preço do petróleo. Este acordo entrou em vigor em janeiro prolongando-se pelos seis primeiros meses de 2017.

A decisão já era esperada dado que em vésperas da reunião a maioria dos ministros e delegados envolvidos nas negociações se manifestavam favoráveis a um prolongamento do acordo até março do próximo ano.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Economia

Parece que acabou a festa do dinheiro

Manuel Villaverde Cabral

O orçamento para 2018 acabou por se transformar num regabofe demagógico de promessas impossíveis de cumprir. As reformas que o país necessitava ter feito ou foram desfeitas ou ficaram pelo caminho.

Comportamento

A esperança é o café da manhã

Laurinda Alves

O que nos faz agir e transcender em cada dia é a esperança de que alguma coisa se componha, de encontrar sentido para a vida, de evoluir, de perceber mais. E temos esperança pela certeza do inesperado

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site