Festival Eurovisão da Canção

Salvador e a fama: “Sinto-me um animal no zoo”

1.733

Anda a tentar ser pai desde os 20 anos até porque é "contra os preservativos", mas "as miúdas não querem". Por enquanto, Salvador luta contra as selfies e mostra dificuldades em lidar com a fama.

Michael Campanella/Getty Images

Salvador Sobral revelou esta sexta-feira numa entrevista à TVI que está a ter dificuldades em lidar com a fama desde que ganhou o Festival Eurovisão. A sua vitória “acabou ali”. Agora, “procura experiências novas e interessantes”. Mas essa procura tem sido atribulada. Salvador Sobral considera-se um sortudo mas vê o lado negativo de ter vencido o Eurovisão: a invasão de privacidade.

O cantor, que não consegue compreender o conceito de selfie, relembrou um episódio que se passou numa pastelaria onde estava com a sua agente a comer um croissant com queijo. Salvador viu-se obrigado a recusar o pedido de uma senhora para tirar uma fotografia porque estava com “a boca cheia de queijo”. Quando se apercebeu que, mesmo depois de ter recusado, a senhora o começou a filmar, o cantor saltou da cadeira e gritou: “Sou um animal do zoo”.

Para mim é um atentado. Faz parte virem reconhecer o meu talento. Mas não fazem parte as fotografias”, defendeu Salvador Sobral na entrevista à Fátima Lopes.

Salvador, contudo, não é indiferente aos fãs. Dá-lhes autógrafos em concertos e canta para eles. Aliás, o cantor admite que é “muito sensível” e o que cantou sempre foi genuíno. Salvador Sobral diz que percebe o que as pessoas que o ouvem estão a sentir.

Se for verdadeiro aquilo que eu estou a cantar e estou a sentir, as pessoas também vão sentir. Foi que aconteceu na canção do festival”, explicou o vencedor do Eurovisão.

Isso reflete-se na sua presença em palco. Salvador explica que a sua “forma de mexer o corpo pedia música” e a sua música pedia-lhe “para mexer o corpo”. “Nos bailarinos e atores de teatro isso é óbvio, porque é que nos cantores não é?”, questiona-se.

O cantor revelou ainda a Fátima Lopes a sua vontade de constituir uma família e de “tocar pelo mundo”. Mas, por enquanto, o vencedor do festival está focado no presente “incrível” mas que lhe tirou a privacidade que tanto preza.

Salvador quer ter filhos

Salvador Sobral falou também do seu estado de saúde, algo que para o cantor é menos grave do que ficar sem voz. Aliás, Sobral, que sofre de problemas de coração e está neste momento à espera de um transplante, confessa que se lhe fosse dada a oportunidade de ficar bem de saúde mas que se isso implicasse ficar sem voz, preferia continuar como está. Mas não lhe é indiferente. O cantor admite que sonha “muitas vezes com jogar futebol”, que não faz há anos e que adora. “Há tantas coisas boas a acontecer que não se pode lamentar o presente que está incrível”, revelou Salvador.

Está focado no presente mas já pensa no futuro. Salvador Sobral demonstrou a sua vontade de construir uma família, “sair de Portugal, ir para França, Espanha, América Latina”. “Gosto de crianças desde que era crianças”, conta o vencedor. Quer ter filhos e anda a tentar tê-los desde os 20 anos “mas as miúdas não querem”. Salvador Sobral admitiu que é contra o uso de preservativos. Quer “tocar pelo mundo e ter sempre os filhos atrás dele mas teme que isso seja difícil.

Salvador revelou também que não vai ao programa de Jimmy Fallon para uma entrevista. A agenda preenchida do cantor não lhe permite deslocar-se aos Estados Unidos. Salvador ainda tentou fazê-la por Skype “mas os americanos claro que não querem nada disso”. O vencedor não descarta a hipótese de dar uma entrevista a Fallon no futuro.

A entrevista na íntegra de Salvador Sobral a Fátima Lopes será transmitida no próximo sábado logo após ao Jornal da Uma, na TVI.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site