TAP

TAP foi a companhia que mais voou para Cabo Verde no primeiro trimestre do ano

A TAP Portugal foi a companhia que mais voou para Cabo Verde no primeiro trimestre deste ano, com cerca de dois mil voos, que transportaram mais de 64 mil passageiros, segundo dados da ASA.

Segundo o boletim estatístico da ASA, a TAP Portugal liderou ainda ao nível da faturação, com um total de 82 milhões de escudos cabo-verdianos (743 mil euros), um aumento de 1,2% quando comparado com o trimestre homólogo

André Kosters/LUSA

A TAP Portugal foi a companhia que mais voou para Cabo Verde no primeiro trimestre deste ano, com cerca de dois mil voos, que transportaram mais de 64 mil passageiros, segundo dados da ASA – Aeroportos e Segurança Aérea.

Segundo o boletim estatístico do tráfego acumulado da ASA, empresa de gestão aérea em Cabo Verde, no primeiro trimestre de 2017 a TAP realizou 2.056 voos para três aeroportos cabo-verdianos, um aumento de 9,2% e representando uma quota de mercado de 19,5%.

No período em análise, Cabo Verde registou 10.592 voos e a TAP foi a única a fazer mais de mil viagens no primeiro trimestre, de acordo com as estatísticas da ASA.

Nos primeiros três meses do ano, a companhia aérea portuguesa transportou um total de 64.276 passageiros para Cabo Verde.

A operadora portuguesa está à frente de outras como a TAM Linhas Aéreas, a Air Europa Lineas, a British Airways a Thomsonfly e a Royal Dutch Airlines.

O aeroporto internacional da Praia Nelson Mandela foi o que recebeu mais passageiros da TAP, que lidera com um total de 30.445, mais 51,3% em relação ao trimestre homólogo e 45% do total.

Seguiu-se o aeroporto internacional Amílcar Cabral na ilha do Sal, onde a TAP é o segundo operador, com 22.383 passageiros transportados, mais 13% do que o ano passado, com uma quota de mercado de 8,5%.

O terceiro aeroporto cabo-verdiano para que a TAP voa é o Cesária Évora, em São Vicente, onde também lidera com 11.448 passageiros transportados, um aumento de 37,1% e representando 55% do total.

Segundo o boletim estatístico da ASA, a TAP Portugal liderou ainda ao nível da faturação, com um total de 82 milhões de escudos cabo-verdianos (743 mil euros), um aumento de 1,2% quando comparado com o trimestre homólogo e correspondente a 15,1% do total.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site