Logo Observador
Índia

Um dos homens mais famosos do mundo que quase ninguém conhece

993

Ganha cerca de 72 milhões de dólares (64 milhões de euros) por ano e cobra 33 milhões de dólares (29 milhões de euros) por filme, porém, ninguém fora da Índia sabe quem é. Conhece Shah Rukh Khan?

Foi convidado para falar nas Ted Talks, em Vancouver, no Canadá, à frente de uma plateia que o recebeu de forma muito animada

Salah Ghrissi

Shah Rukh Khan é a maior estrela de Bollywood, um mercado que rivaliza com o de Holywood, e que pode chegar a mais de três mil milhões de pessoas. Fez mais de 50 filmes nos seus 51 anos de vida e tem a sua marca está avaliada em cerca de 600 milhões de dólares (533 milhões de euros). Ganha cerca de 72 milhões de dólares (64 milhões de euros) por ano e cobra 33 milhões de dólares (29 milhões de euros). Segundo o El Mundo, o ator é tão famoso na Índia que tem de sair de casa com seis guarda-costas. No entanto a coisa muda quando atravessa o Pacífico.

Khan foi convidado para falar nas Ted Talks, em Vancouver, no Canadá, à frente de uma plateia que o recebeu de forma muito animada. Entre esta estavam algumas das mentes mais brilhantes de Silicon Valley. Mas poucos sabiam quem era e qual o seu poder.

“Vendo sonhos e prometo amor a milhões de pessoas na Índia que crêem que sou o melhor amante do mundo”, disse na conferência. Khan nasceu num campo de refugiados em Nova Deli, na Índia, e ficou órfão de pai e mãe aos 20 anos. Antes disso, aos 14 anos, tinha perdido o pai, que transportou no banco de trás de um carro quando ainda nem sabia conduzir. Agora é ator, produtor, colecionador de carros de luxo e detentor de uma equipa de cricket. Mas diz que, na época, tudo era mais simples: “Comíamos o que havia, fazíamos o que nos diziam para fazer, casávamos com a primeira rapariga que namorávamos… Pensava que ‘gay’ era uma palavra inglesa muito sofisticada para ‘feliz'”. E até a a capital portuguesa veio à conversa, provocando alguma confusão devido à semelhança da palavra ‘Lisbon’ com ‘lesbian’ (lésbica, em português).

Mais importante que tudo: éramos quem éramos e dizíamos o que pensávamos”, afirma Khan.

O ator recebeu do governo francês a distinção da Legião de Honra, um dos reconhecimentos mais importantes do país. Apesar disso, Khan disse que o “melhor foi mesmo conhecer a Angelina Jolie.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt