Logo Observador
Aston Martin

Vantage AMR. Fibra de carbono e muito “músculo”

Depois do concept apresentado em Genebra, a Aston Martin acaba de dar a conhecer o primeiro produto da sua nova submarca AMR - o Vantage AMR. Impressionar é o mote.

O Vantage AMR pode ser desde já encomendado, quer com V8 ou V12, na configuração roadster ou coupé. Mas as entregas das primeiras unidades aos clientes só deverá ocorrer no final do ano

Autor
  • Francisco António

Sinónimo de Aston Martin Racing, a AMR é como que o braço desportivo do fabricante de Gaydon. Depois da apresentação de um primeiro concept no último Salão Automóvel de Genebra, a nova submarca de versões mais desportivas da Aston Martin apresenta agora o seu primeiro modelo, uma derivação mais radical e exclusiva do conhecido Vantage – o Vantage AMR.

Aproveitando a experiência acumulada em competições automóveis como os GTE, os GT3 e GT4, e apostando em edições limitadas, para clientes especiais, a AMR dotou o Vantage de uma carroçaria verdadeiramente de competição, repleta de fibra de carbono.

Como decoração, os clientes poderão escolher entre quatro hipóteses de conjugação de cores para um visual exterior bitom: Prata Scintilla com Cinza, Preto Ultramarine com Azul, Branco Status com Laranja e Azul Zaffre com Vermelho. E, para os mais exigentes, existe ainda um opcional “Halo Pack”, que combina uma pintura Verde Stirling com retoques de Verde Lima à imagem do Vantage GTE #45 que venceu o último Campeonato Mundial de Endurance da FIA. Caso o cliente também o deseje, o desportivo pode ainda exibir um emblema Aston Martin com as cores da Union Jack, sem que o proprietário tenha de pagar mais por isso.

Já para o interior, existem múltiplas configurações disponíveis, cuja aplicação depende das cores escolhidas para o exterior, embora todas as unidades contemplem bancos com estrutura em fibra de carbono, assim como uma combinação entre pele e Alcantara, no caso dos coupés. Já os roadsters diferenciam-se pelos acabamentos totalmente em pele. Finalmente, o “Halo Pack”, acrescenta cor ao habitáculo, através da inclusão de debruns e aplicações em Verde Lima.

Com uma produção limitada a 300 exemplares, destes apenas 100 serão propostos com o já conhecido V12 e com uma potência aumentada em 30 cv, para 595 cv. Quanto aos restantes 200, serão disponibilizados com um mais pequeno V8 de 430 cv. Sendo que ambos surgem acoplados a caixas sequenciais automatizadas, diferenciando-se pelo facto de possuírem seis ou sete relações de engrenagem manual.

Especificamente para aqueles que pretendam construir um Vantage AMR à sua imagem, a Aston Martin tem ainda previsto uma série de opcionais, entre os quais, um kit estético e aerodinâmico em fibra de carbono especificamente para o coupé, conjugado com rodas em alumínio forjado e um sistema de escape em titânio, capaz de retirar cerca de 14 kg ao peso total do conjunto, quando comparado com o sistema de exaustão presente no Vantage V12 standard.

Disponível em apenas em alguns mercados, tanto a motorização V8 como a V12 podem ser adquiridas, quer na configuração Coupé, quer Roadster. Isto, com preços que começarão nas 97,995 libras, no Reino Unido, ou 126.995€, na Alemanha.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Férias

O Sport-Billy não tinha filhos

Tiago Duarte

Há um dia em que um filho se transforma em pai e verifica que está sozinho. Só ele, a mala do carro e uma montanha de sacos e saquinhos que a sua mulher vai depositando na entrada da casa.