Logo Observador
Juros

Juros da dívida de Portugal sobem em todos os prazos à semelhança de Espanha e Itália

Os juros da dívida portuguesa estavam esta sexta-feira a subir a dois, cinco e dez anos, à semelhança da Espanha e Itália, mas desciam na Grécia a dois e dez anos, face a quinta-feira.

Os juros da dívida portuguesa em todos os prazos ficaram a partir de 16 de março mais elevados devido ao efeito técnico da alteração dos 'modelos' para cálculo dos mesmos

SHAHZAIB AKBER/EPA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

Os juros da dívida portuguesa estavam esta sexta-feira a subir a dois, cinco e dez anos, à semelhança da Espanha e Itália, mas desciam na Grécia a dois e dez anos, face a quinta-feira.

Cerca das 9h37 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dois anos negociavam a 0,045% no mercado secundário, contra os 0,002% na quinta-feira.

Já a cinco e a dez anos a tendência era igualmente de subida, sendo que a cinco anos avançavam 1,198%, face a 1,184% de quinta-feira, enquanto a dez anos negociavam nos 2,861%, acima dos 2,840% registados sensivelmente à mesma hora na sessão anterior.

Os juros da dívida portuguesa em todos os prazos ficaram a partir de 16 de março mais elevados devido ao efeito técnico da alteração dos ‘modelos’ para cálculo dos mesmos.

Em 15 de março, antes da alteração técnica, os juros de Portugal a dois, cinco e dez anos terminaram a -0,043% (juros negativos), a 1,678% e a 3,967%, respetivamente.

Esta sexta-feira os juros da Irlanda desciam a dois anos, e subiam a cinco e dez anos, descendo na Grécia a dois e dez anos, únicos prazos indicados, depois do acordo para receber uma tranche de financiamento que alivia a economia grega e deixou os investidores satisfeitos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 9h37:

2 anos… 5 anos… 10 anos

Portugal

16/06…….0,045….1,198…..2,861

15/06…….0,002….1,184…..2,840

Grécia

16/06……4,588….n disp…..5,654

15/06……4,817….n disp…..5,799

Irlanda

16/06…..-0,455…-0,143……0,697

15/06…..-0,459…-0,176……0,680

Itália

16/06…..-0,199….0,713……1,980

15/06…..-0,210….0,702……1,702

Espanha

16/06…..-0,271….0,276……1,462

15/06…..-0,294….0,241……1,406

Fonte: Bloomberg Valores de ‘bid’ (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida em mercado secundário) que compara com fecho da última sessão.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Sistema Financeiro

Vem aí o fim da Banca

Miguel Gouveia

A mudança do modelo de negócios da banca não será sustentável a médio e longo prazo devido ao aparecimento de novas empresas cuja concorrência será devastadora para os bancos.