Logo Observador
Fogo de Pedrógão Grande

As fotos horríveis da tragédia de Pedrógão

994

São 64 os mortos, vários apanhados dentro dos carros. As quatro frentes do fogo provocaram uma das maiores tragédias do género em Portugal.

MIGUEL A. LOPES/EPA

São pelo menos 64 os mortos, vários apanhados dentro dos carros e alguns que morreram por inalação de fumo. Terão ficado aprisionados num túnel do incêndio que deflagrou à tarde na zona de Pedrógão Grande, num dia em que as temperaturas ultrapassaram os 40 graus. As quatro frentes do fogo provocaram uma das maiores tragédias do género em Portugal.

Nas fotos veem-se chamas enormes a cortar as estradas, carros carbonizados, casas a arder, gente a ser assistida nas vias rápidas e muito desespero.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Fogo de Pedrógão Grande

Morrer entre brutos é triste

Alberto Gonçalves
1.043

Portugal não cede à baixa política, leia-se permite a impunidade geral. Portugal, repete-se, é uma nação muito forte, leia-se um recreio de oportunistas, desnorteados ao primeiro assomo da realidade.

Igreja Católica

O diabo existe… graças a Deus!

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

As nossas representações do diabo são ‘figuras simbólicas’, mas não o próprio demónio, cuja realidade e actuação são verdades de fé reveladas na Bíblia.

Igreja Católica

O diabo existe… graças a Deus!

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

As nossas representações do diabo são ‘figuras simbólicas’, mas não o próprio demónio, cuja realidade e actuação são verdades de fé reveladas na Bíblia.