Logo Observador
Honda

Honda quer (mesmo) fazer render o Civic Type R

Conhecedora do modo como o modelo mexe com a maioria dos condutores, a Honda pondera já novas derivações do seu picante Civic Type R. Com mais potência, tracção integral e até como Grand Touring.

Autor
  • Francisco António

Apesar de a nova geração do Civic Type R ter apenas alguns meses de vida e a comercialização estar ainda no início, a Honda quer aproveitar, ao máximo, o arrebatamento que o seu desportivo compacto de tracção dianteira provoca na maior parte dos condutores. Oferecendo mais versões, com diferentes níveis de potência, talvez até tracção integral, já para não falar na possibilidade de uma variante Grand Touring!

A revelação foi feita ao Automotive News pelo engenheiro-chefe da gama Civic, Hideki Matsumoto, o qual explicou que a marca pretende alcançar, nesta 10.ª geração do popular compacto, “um volume de vendas mais estável”, sendo que, “disponibilizar mais do que uma variante do Type R poderá ser a solução”.

O aumento da oferta no Type R poderá passar por novas variantes com mais potência que os actuais 320 cv, quiçá até mesmo por uma nova versão de tracção integral, capaz de rivalizar com modelos como, por exemplo, o Ford Focus RS ou com o Volkswagen Golf R. Mas a marca estará igualmente a cogitar a hipótese de lançar um Civic Type R “de aspecto mais parecido a um Grand Touring”, o qual adoptaria, certamente, uma suspensão mais confortável, a par de outros ajustes, capazes de tornar o carro mais confortável em viagens mais longas.

Entretanto, a nova geração Honda Civic Type R entrou já em comercialização, na passada semana, nos EUA, com um preço a partir de 34.775 dólares, ou seja, cerca de 31 mil euros. Embora, lá para 2018, esteja igualmente prevista uma versão menos equipada, por um valor ligeiramente mais baixo.

Já em Portugal, as informações apuradas pelo Observador revelam que o novo Type R deverá ostentar um preço acima dos cerca de 40 mil euros que custava a anterior geração, mas sempre abaixo dos 50 mil euros que é avançado pelo importador como valor-limite.

Ao mesmo tempo, algumas notícias têm avançado a possibilidade de o fabricante vir a enriquecer a oferta na família Civic com uma nova variante a posicionar entre o Si e o Type R, impulsionada, à partida, por uma versão mais potente do conhecido 1.5 turbo a gasolina. E que, dizem algumas fontes, poderá vir a recuperar o sufixo “Type S”.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Minorias

O machismo militante da histeria anti xenofobia

Maria João Marques

Os que gritam xenofobia perante a mais leve crítica a certas comunidades onde os maus tratos a mulheres são inerentes à cultura que tanto defendem, fizeram a sua escolha: apoiar a opressão de mulheres