Conflito na Síria

Rússia denuncia “ato de agressão” dos Estados Unidos por abate de caça sírio

A Rússia denunciou como "um ato de agressão" dos Estados Unidos a destruição no domingo de um caça-bombardeiro do exército sírio por um caça norte-americano.

O ministro dos negócios russos acusou Washington de "ajudar os terroristas" na Síria

MARCIN BIELECKI/EPA

A Rússia denunciou esta segunda-feira como “um ato de agressão” dos Estados Unidos a destruição no domingo de um caça-bombardeiro SU-22 do exército sírio por um caça norte-americano na província de Raqa, no norte da Síria.

“Se não é um ato de agressão, o que é então?”, declarou o vice-ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergei Riabkov, citado pela oficial TASS, acusando Washington de “ajudar os terroristas” na Síria.

Um caça da coligação liderada pelos Estados Unidos abateu no domingo um caça de fabrico russo pertencente à força aérea síria, depois de este, de acordo com o Pentágono, ter bombardeado um campo junto à cidade de Tabqa, de onde as Forças Democráticas da Síria, apoiadas pelos Estados Unidos, têm lançado as suas ofensivas na tentativa de tomada da cidade de Raqa, um bastião do Estado Islâmico na Síria.

Esta foi a primeira vez durante todo o conflito na Síria que um caça da coligação abateu um avião da força aérea síria.

Damasco condenou o que chamou um “ataque flagrante”, que terá “repercussões perigosas”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Conflito na Síria

Será que a Síria terá futuro?

José Milhazes
115

A propaganda russa apresenta Putin como o principal mentor e motor do processo de solução da crise na Síria. O Kremlin envolveu-se num jogo muito complicado e arriscado. E que papel terá a UE?

Sociedade

Um raríssimo Portugal

Paulo de Almeida Sande

Somos o povo acomodado, que exprime a angústia latente da bondade resignada, convencido de estar destinado à subalternidade, um povo submisso, que emula o estrangeiro e desdenha o nacional. 

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site