Genética

Cientistas chineses criam primeiro cão clonado com manipulação genética

Já foi criado o primeiro cão clonado com células não reprodutivas e engenharia genética. Os autores foram cientistas na China que conseguiram clonar um beagle através da modificação genética.

O investigador acredita que a técnica possa ser usada para tratar doenças dos animais

WU HONG/EPA

Cientistas na China criaram o primeiro cão clonado com células não reprodutivas e engenharia genética, segundo a imprensa estatal chinesa.

“É bom poder combinar a clonagem com a engenharia genética e a China está na vanguarda”, disse ao Diário do Povo um dos investigadores, Lai Liangxue.

No Instituto de Biomedicina de Cantão, a equipa conseguiu clonar um cachorro de raça beagle com a mais moderna tecnologia de modificação genética, capaz de selecionar genes específicos.

Com esta tecnologia podemos criar um animal com mais músculos, melhor olfato e mais capacidade para correr, o que é bom para um cão de caça ou da polícia”, declarou Lai.

O investigador admite que a técnica possa ser usada para tratar doenças dos animais.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site