Viral

Este é o brinquedo (perigoso) que destronou o Fidget Spinner na China

Uma besta em miniatura utilizada para projetar palitos é o nova tendência na China. O brinquedo que destronou o Fidget Spinner está a preocupar os pais pelo seu cariz violento.

Este pequeno arco projeta palitos, mas pode ser armado com outros objetos como pequenos pedaços de vidro ou pregos

AliExpress

O famoso brinquedo Fidget Spinner continua a ser um sucesso mundial mas já tem um rival à altura na China. O novo gadget já é um êxito de vendas no país, mas está também a preocupar os pais pelo seu cariz violento.

Este pequeno arco projeta palitos, mas pode ser armado com outros objetos como pequenos pedaços de vidro ou pregos. O disparo é tão forte que é capaz de furar papelão, maçãs ou mesmo latas de refrigerante, aponta a BBC. A besta em forma de brinquedo está a ser tão controversa que os media chineses relataram que várias foram as cidades que já a baniram. As localidades de Kunming e Harbin já proibiram as vendas e os pais das crianças em Hong Kong também querem seguir pelo mesmo caminho.

Os gadgets podem ser de madeira ou metal: os de madeira custam 4 yuan (cerca de 50 cêntimos) e os de metal 10 yuan (cerca de 1,30 euros). São adquiridos através da internet, em lojas ou até em ruas ao lado de escolas.

Os utilizadores mais frequentes do gadget são crianças da escola primária e ensino básico. “Despachem-se e proibam-no porque as crianças não percebem e estão simplesmente a disparar contra as pessoas por diversão. Mais tarde ou mais cedo vão causar acidentes”, escreveu um dos pais no website do media chinês Weibo em forma de apelo às escolas, segundo a Channel New Asia.

A polícia do distrito de Jiulongpo já relatou 15 lesões desta besta contra crianças.

Fidget Spinner. Chega a Portugal o brinquedo banido nas escolas dos EUA e Reino Unido

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site