Agricultura

UE e Brasil propõem limites nas ajudas às exportações agrícolas

A União Europeia e o Brasil apresentaram à Organização Mundial do Comércio uma proposta conjunta para reduzir distorções no mercado, propondo uma reforma das regras de concorrência.

A proposta segue com o apoio da Colômbia, Peru e Uruguai

JOSÉ COELHO/LUSA

A União Europeia e o Brasil apresentaram esta segunda-feira à Organização Mundial do Comércio uma proposta conjunta para reduzir distorções no mercado, propondo uma reforma das regras de concorrência nas exportações, como a limitação das ajudas.

A proposta apresentada por dois dos maiores produtores agrícolas, segundo um comunicado da Comissão Europeia, é apoiada também pela Colômbia, Peru e Uruguai.

A proposta quer nivelar as condições entre todos os membros da Organização Mundial do Comércio, limitando os subsídios que distorcem as condições de mercado.

A iniciativa tem em conta as necessidades específicas dos países em desenvolvimento, ressalvando que os menos desenvolvidos fiquem isentos de quaisquer limites aos subsídios, de modo a permitir o desenvolvimento do setor agrário.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site