Circuito Mundial de Surf

Três dias históricos mereciam um final mais feliz: Frederico Morais fica no segundo lugar em Jeffreys Bay

1.058

Foi o grande momento do surf nacional: Kikas tornou-se o primeiro português a chegar à final de uma etapa do World Tour após afastar três campeões mundiais mas perdeu o Open J-Bay para Filipe Toledo.

Frederico Morais fez a melhor onda na final (9.40) mas não conseguiu superar Filipe Toledo na final

@ WSL / Cestari

Era o grande momento histórico do surf nacional. Frederico Morais tornou-se o primeiro português a chegar à final de uma etapa do World Tour, no Open J-Bay, e a notícia começou a circular de forma tão rápida que já todos queriam era saber quando seria a bateria decisiva com o brasileiro Filipe Toledo. Durante 40 minutos, Kikas acabou por não conseguir ser melhor. Ainda assim, não deixa de ser a melhor semana da sua vida. Uma semana onde, em três dias seguidos, afastou outros tantos campeões mundiais (Mick Fanning, John John Florence em duas ocasiões e Gabriel Medina).

Após um início de final morno, sem riscos por parte dos dois surfistas, Toledo quebrou o calculismo com um 9.17 que atirou o heat para outro patamar. Kikas abriu com 6.67, após duas ondas com pontuações menores, e somou mais tarde um 8.33 na mesma altura em que o brasileiro fazia a mesma nota. Continuava atrás mas, sobretudo, perdeu a ansiedade e marcou um 9.40 que só não lhe valeu a liderança porque Toledo conseguiu um 8.83.

Faltavam cerca de oito/dez minutos para o final do heat, ainda para mais com o surfista canarinho a ter a prioridade. Esse pormenor acabou por fazer toda a diferença e Frederico Morais perdeu a final em Jeffreys Bay.

No final, o português perdeu com um total de 17.73 contra os 18.00 de Filipe Toledo que, depois de ter falhado a última etapa em Fiji por estar suspenso (indisciplina com os juízes após a eliminação no Rio de Janeiro), regressou da melhor forma e venceu pela primeira vez uma etapa este ano, após os três triunfos em 2015.

Numa altura em que estamos mais ou menos a meio do Circuito Mundial de surf (seis provas disputadas, cinco ainda por realizar), os resultados de Kikas no seu primeiro ano (é o segundo melhor rookie até ao momento, só atrás de Connor O’Leary) entre os maiores das modalidades foram os seguintes:

– Gold Coast (Austrália), 13.º lugar (vencedor: Owen Wright)
1.ª ronda: vitória no heat 10 com 15.70 contra Filipe Toledo (15.10) e Adrian Buchan (13.43)
3.ª ronda: derrota no heat 10 com 11.17 contra Kelly Slater (14.90)

– Margaret River (Austrália), 25.º lugar (vencedor: John John Florence)
1.ª ronda: derrota no heat 6 com 3.40 contra John John Florence (13.67) e Jacob Willcox (4.40)
2.ª ronda: derrota no heat 9 com 15.50 contra Adrian Buchan (16.50)

– Bells Beach (Austrália), 5.º lugar (vencedor: Jordy Smith)
1.ª ronda: derrota no heat 10 com 11.53 contra Adrian Buchan (14.74) e Joel Parkinson (12.70)
2.ª ronda: vitória no heat 9 com 17.94 contra Miguel Pupo (14.87)
3.ª ronda: vitória no heat 1 com 13.94 contra Gabriel Medina (13.57)
4.ª ronda: derrota no heat 1 com 15.50 contra Caio Ibelli (16.46) e Owen Wright (11.43)
5.ª ronda: vitória no heat 1 com 18.10 contra Sebastian Zietz (13.16)
Quartos-de-final: derrota com 14.50 contra Caio Ibelli (16.00)

– Rio Pro (Austrália), 13.º lugar (vencedor: Adriano de Souza)
1.ª ronda: derrota no heat 7 com 7.70 contra Filipe Toledo (16.26) e Ethan Ewing (10.84)
2.ª ronda: vitória no heat 11 com 14.40 contra Jack Freestone (13.53)
3.ª ronda: derrota no heat 11 com 16.13 contra Julian Wilson (16.23)

– Fiji Pro (Fiji), 13.º lugar (vencedor: Matt Wilkinson)
1.ª ronda: vitória no heat 7 com 10.44 contra Jadson André (9.33) e Joel Parkinson (8.60)
3.ª ronda: derrota no heat 2 com 10.20 contra Julian Wilson (15.04)

– Open J-Bay (África do Sul), 2.º lugar (vencedor: Filipe Toledo)
1.ª ronda: derrota no heat 3 com 13.73 contra Adriano de Souza (13.83) e Jadson André (12.57)
2.ª ronda: vitória no heat 12 com 15.73 contra Ian Gouveia (14.00)
3.ª ronda: vitória no heat 4 com 13.07 contra Connor O’Leary (12.16)
4.ª ronda: vitória no heat 2 com 19.07 contra John John Florence (17.17) e Mick Fanning (14.90)
Quartos-de-final: vitória no heat 2 com 19.77 contra John John Florence (18.67)
Meia-final: vitória no heat 1 com 17.37 contra Gabriel Medina (14.70)
Final: derrota com 17.73 contra Filipe Toledo (18.00)

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: broseiro@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site