Venezuela

Houve um milhão de votos manipulados na Venezuela, diz empresa responsável pela contagem eleitoral

1.469

A empresa britânica Smartmatic, responsável pela gestão da contagem dos votos, diz que houve "pelo menos um milhão de votos manipulados" nas eleições venezuelanas.

NATHALIE SAYAGO/EPA

Houve “pelo menos um milhão de votos manipulados” nas eleições para a Assembleia Constituinte da Venezuela, afirmou a empresa responsável pela contagem de votos eletrónicos. De acordo com a Smartmatic, a empresa britânica que gere a contagem de votos venezuelanos desde 2004, diz que “sem dúvida, as eleições recentes para uma Assembleia Nacional Constituinte foi manipulada”, noticia a Reuters.

A autoridade eleitoral da Venezuela, que anunciou a vitória de Maduro no último domingo, tinha afirmado que 8,1 milhões de pessoas tinham participado no ato eleitoral de dia 30 de julho. No entanto, e confirmando o que a oposição de Nicolas Maduro havia dito, a Smartmatic diz estimar que “a participação real e a anunciada pelas autoridades é de pelo menos um milhão de votos”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt
Catalunha

Não é independente quem quer

Jorge Pereira da Silva

No actual quadro, que Estados poderão reconhecer a Catalunha como um Estado independente? Se excluirmos porventura alguns Estados párias, a resposta é simples: nenhum. Vale a pena perceber porquê.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site