Apple

A Apple chegou ao Instagram e só se aceitam fotografias tiradas com iPhone

A Apple lançou a sua conta do Instagram esta segunda-feira. O objetivo é partilhar fotografias e vídeos feitos com o iPhone através da etiqueta #ShotoniPhone.

A Apple tem várias contas verificadas para alguns dos seus produtos, mas é a primeira vez que cria uma conta que represente a marca

Pega no telemóvel, tira uma fotografia catita e o que faz com ela? Partilha-a. Esta é a realidade de 700 milhões de utilizadores mensais do Instagram, e a Apple sabe-o. A gigante tecnológica inaugurou a sua conta do Instagram esta segunda-feira, com o objetivo de partilhar “um olhar através das lentes de utilizadores de iPhone por todo o mundo”.

Cada álbum é uma compilação do trabalho de um fotógrafo, que em voz off explica o conceito das suas fotografias. A Apple encoraja todos os utilizadores de Instagram que fotografem com iPhone a partilhar as suas fotografias com a hashtag #ShotoniPhone (fotografado com iPhone).

#ShotoniPhone by… – 1. Paul O. @pauloctavious “I’ve just always been attracted to rainbows. It’s like magic. But now that I know how rainbows are made, it’s like I’m performing my own magic.” – 2. Tyrone P. @robotfaced “I’ve actually found two or three, or let’s say two and a half, species of chameleons that are not officially known to science. You can’t look in a text book or a field guide and find these animals. There’s simply not enough known about them.” – 3. Jirasak P @joez19 “I live in a small town and own a small trucking fleet in Thailand. I am not a professional photographer.” – 4. Jenn Z. @thesdcowgirl “I feel claustrophobic when I go to the city now. You get so used to being able to see for miles. I call it cowgirl church.” – 5. Yais Y. @_yaisyusman_ “I call the series The Hanging Collection. It's simply creating an illusion of a person hanging.”

A post shared by apple (@apple) on

A Apple já gere uma série de contas dedicadas aos seus produtos, nomeadamente o Apple Music, iTunes, Carpool Karaoke entre outros. Contudo (e é de estranhar), nunca teve uma conta para destacar a fotografia dos iPhone, que representa uma grande parte do marketing da empresa. O slogan “Shot on iPhone” já foi visto em outdoors por todo o mundo e o Instagram é a principal plataforma dedicada de partilha de fotografias para qualquer pessoa que utilize um smartphone. Seria, portanto, lógico que se tirasse partido dessa exposição.

Mas não é assim tão simples. O vice-presidente de marketing, Phil Schiller, apagou a sua conta do Instagram em 2012 quando a aplicação se estreou no mercado Android. Na altura justificou-se ao dizer que a aplicação não condizia com o sistema operativo e que tinha ficado demasiado abrangente, apesar de ter sido nomeada (pela Apple) a app do ano 2011.

Mas seja em iOS ou Android, o Instagram já tem 700 milhões de utilizadores mensais, um público impossível de ignorar, especialmente quando se quer vender a câmara de um telemóvel.

Editado por Pedro Esteves
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: jcosta@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site