Família Real Britânica

A princesa Diana tinha um brinquedo sexual? O ex-segurança diz que sim

1.199

Diana chamava-lhe "Le Gadget" e era a sua mascote da sorte. Quem o diz é o ex-segurança, Ken Wharfe, no livro que escreveu sobre a princesa e onde revela episódios sobre o brinquedo sexual que usava.

AFP/Getty Images

A princesa Diana tinha um brinquedo sexual que a acompanhava sempre que fazia viagens ao exterior. Chamava-se “Le Gadget” e quem o diz é o antigo segurança da princesa real, Ken Wharfe, no seu novo livro lançado na quinta-feira.

No livro – “Defender Diana: Proteger a Princesa à Volta do Mundo” – o ex-segurança de Diana admite que o objeto era motivo constante de risos. O vibrador terá sido comprado “por piada”, durante uma visita da Princesa a Paris.

O pequeno vibrador (…) tornou-se a sua mascote da sorte”, diz o ex-segurança, citado pelo Independent.

Conta Wharfe que Diana se esqueceu do “Le Gadget” numa viagem ao Nepal em 1993 e que terá dado ordens para que lhe enviassem o objeto para a capital Katmandu. Segundo o ex-segurança, o vibrador chegou como uma encomenda, “numa mala diplomática”, mesmo antes de começar uma receção de imprensa à Princesa. Um ajudante do rei do Nepal insistiu em entregar o pacote numa bandeja de prata a um assistente de Diana, o Capitão Ed Musto. O assistente – que mal sabia do que se tratava – abriu a encomenda em frente de todos os que se encontravam na mesma sala. Por sorte, a imprensa não estava reunida nesse sítio.

Houve uma pausa imediata (e alguns olhares confusos dos dignitários da Embaixada), até que o silêncio foi interrompido por Diana que disse ‘Oh, isso deve ser para mim’ e começou-se a rir”, diz Wharfe.

Mas há mais episódios invulgares. Em 1991, durante uma visita ao Paquistão, a equipa da Princesa foi apanhada de surpresa quando, durante a viagem, encontrou um preservativo caído. O momento acabou por ser hilariante porque um dos assistentes de Diana disse que sabia fazer um truque. Diana ficou intrigada e acabou por desafiar o assistente que encheu o preservativo de ar e colocou-o na sua cabeça. Diana terá ficado bastante “entusiasmada”. “Durante segundos estávamos todos a rir à gargalhada já que o assistente conseguiu esse feito numa questão de segundos“, relatou Wharfe.

Ken Wharfe acaba por reconhecer que esses eram momentos constantes de riso com a Princesa.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site