Acidentes e Desastres

EUA. Colisão de navios deixa pelo menos 10 marinheiros desaparecidos

Pelo menos dez marinheiros desapareceram e cinco ficaram feridos esta madrugada na sequência da colisão entre um contratorpedeiro norte-americano e um petroleiro.

Este navio de guerra serviu na guerra do Iraque em 2003

Wikimedia Commons

Pelo menos dez marinheiros desapareceram e cinco ficaram feridos na madrugada desta quinta-feira na sequência da colisão entre um contratorpedeiro norte-americano e um petroleiro, a leste de Singapura, anunciou a marinha norte-americana.

“Há pelo menos dez marinheiros desaparecidos e cinco feridos”, disse, em comunicado, a marinha norte-americana. O presidente norte-americano Donald Trump reagiu poucos minutos depois no Twitter.

O contratorpedeiro “USS John S. McCain foi envolvido numa colisão com um navio mercante quando navegada a leste do estreito de Malaca e de Singapura a 21 de agosto”, de acordo com um comunicado anterior.

Este navio de guerra serviu na guerra do Iraque em 2003, na península coreana e no Japão e foi batizado em homenagem ao pai e ao avô do senador norte-americano e ex-força-aérea John McCain. O senador reagiu também no Twitter.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site