Arabia Saudita

Arábia Saudita. Polícia libertou jovem de 14 anos que dançou a “Macarena”

297

O jovem que foi detido pela polícia da Arábia Saudita por ter dançado a "Macarena" foi libertado. As autoridades esclarecem que o jovem prometeu por escrito não voltar a repetir este comportamento.

O vídeo com pouco mais de 40 segundos tornou-se viral

VIRALFROG/YOUTUBE

O jovem de 14 que foi preso por ter dançado a “Macarena” — um êxito dos anos 90 — foi libertado esta quarta-feira. O jovem tinha sido filmado a dançar a música numa passadeira em Gidá, na Arábia Saudita mas foi detido na terça-feira pela polícia acusado de “interromper o tráfego” e de uma “conduta pública imoral”.

Escreve o El Mundo que o jovem prometeu por escrito que não voltaria a ter um comportamento semelhante que pudesse pôr em perigo a sua vida e a dos outros. Segundo as autoridades, o único propósito do documento era advertir o adolescente para as “possíveis consequências dos seus atos para a sua própria segurança e proteger a segurança dos automobilistas e peões”.

O comunicado da polícia de Meca na altura da detenção não dava conta do nome ou da nacionalidade do jovem, mas garantiu que ele estaria a ser “questionado por comportamento público impróprio e perturbação do tráfego“. O vídeo rapidamente se tornou viral.

Esta não é a primeira detenção polémica que a polícia saudita faz. No mês passado uma jovem foi detida e interrogada depois de ter aparecido num vídeo de minissaia. Foi libertada pouco depois. Já em agosto, foi igualmente detido e mais tarde libertado o cantor Abdallah Al Shahani, que fez o gesto “dab” durante um concerto. O gesto foi proibido na Arábia Saudita por “incentivar o consumo abusivo de substâncias”.

Arábia Saudita. Foi libertada a mulher detida por usar minissaia

Os cidadãos sauditas são dos mais ativos nas redes sociais, no que ao mundo árabe diz respeito.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site