Audi

Audi aponta ao sol. Painéis solares no tejadilho

119

Depois do sistema de navegação inteligente, painéis solares no tejadilho. Esta é a forma como a Audi pretende melhorar a eficiência dos eléctricos e híbridos. Primeiro protótipo chega ainda este ano.

Autor
  • Francisco António

Concentrada na afirmação das tecnologias e sistemas de propulsão alternativos, a Audi pretende agora desenvolver uma nova tecnologia de captação de energia, capaz de garantir uma maior eficiência tanto dos veículos eléctricos, como dos híbridos. E que passa pela utilização de uma espécie de painéis solares, fabricados numa fina película composta de células fotovoltaicas para aplicação nos tejadilhos panorâmicos em vidro, destinados a captar a energia do sol para utilização do veículo. Desenvolvido em conjunto com os chineses da Hanergy, um primeiro protótipo desta nova tecnologia deverá ficar pronto ainda este ano.

Segundo a marca dos quatro anéis, a energia do sol captada por esta nova tecnologia permitirá, entre outras vantagens, recolher energia para grande parte dos sistemas de apoio existentes no veículo, como é o caso do ar condicionado ou o aquecimento dos bancos.

Lá mais para a frente, o objectivo (assumido) do fabricante será mesmo cobrir todo o tejadilho com células fotovoltaicas, para que a energia daí resultante possa ser inclusivamente utilizada para abastecer as baterias que servem de apoio ao sistema de tracção.

A autonomia dos automóveis eléctricos desempenha um papel decisivo, para os nossos clientes. Juntamente com a Hanergy, planeamos, por isso, instalar uma inovadora tecnologia solar nos nossos veículos eléctricos, garantindo assim um aumento da autonomia, sem deixar de ser sustentável”, afirmou Bernd Martens, membro do Conselho de Administração da Audi para as Aquisições, no anúncio da parceria.

No entanto, a Audi não será o primeiro construtor a explorar esta solução no apoio ao veículo. Ainda em 1992, um Mazda 929 recorreu esta tecnologia no tejadilho, como forma de garantir energia para uma ventoinha destinada a arrefecer o habitáculo, sempre que o veículo se encontrava estacionado ao sol. E, já mais recentemente, a Nissan colocou células fotovoltaicas no spoiler traseiro do eléctrico Leaf com o objectivo de captar energia, precisamente, para operar os sistemas auxiliares. Sendo que, embora em apenas alguns mercados, também o Toyota Prius Prime está disponível com um tejadilho totalmente revestido para captação de energia solar, a qual é depois utilizada para abastecer, tanto a bateria de 12V, como o pack de baterias para propulsão.

Quanto ao novo parceiro da Audi, a chinesa Hanergy está a trabalhar há já alguns anos nesta solução para aplicação na indústria automóvel. Tendo sido a responsável por instalar, em 2014, tecnologia idêntica não só no tejadilho de um Aston Martin Vantage GTE, com o objectivo fornecer energia para os sistemas auxiliares, como também numa estação de supercarregadores da Tesla, em Pequim, na China.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site