Música

Rapper Lil Wayne hospitalizado depois de sofrer convulsão

O norte-americano Lil Wayne foi hospitalizado este domingo, depois de ter sido encontrado desmaiado no quarto de hotel em Los Angeles, na sequência de uma convulsão. O cantor sofre de epilepsia.

O rapper, que completa no próximo dia 27 de setembro 35 anos, informou que sofria de epilepsia há quatro anos

Getty Images

O rapper Lil Wayne foi hospitalizado este domingo depois de ter sido encontrado desmaiado, no quarto de hotel, em Chicago, nos Estados Unidos, na sequência de uma convulsão. Já no hospital voltou a sofrer outra convulsão.

Esta não é a primeira vez que o rapper norte-americano sofre episódios de convulsões. Ainda há um ano esteve internado depois de ter tido duas pequenas convulsões e há quatro esteve vários dias num hospital em Los Angeles. Foi nessa altura que informou o grande público que sofria de epilepsia e explicou que as convulsões se deviam ao stress, excesso de trabalho e falta de descanso, lembra a BBC.

Dwayne Michael Carter Jr, que completa no próximo dia 27 de setembro 35 anos, nasceu em New Orleans e iniciou-se no mundo da música com nove anos, tendo sido o mais jovem artista a assinar pela Cash Money Records. Soma já cinco prémios Grammy.

Lil Wayne esteve, este ano, no palco do Meo Sudoeste mas a sua presença não ficou marcada pelos melhores motivos. O rapper chegou atrasado várias horas e o concerto, que durou apenas 50 minutos, começou já perto das 4h00. No final ouviram-se assobios quando o cantor desapareceu do palco sem se despedir.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mcarrico@observador.pt
Medicina

Mãe e avó

Pedro Vaz Patto

A respeitável intenção de ter um filho não pode levar a fazer deste um objeto de um desejo ou de um direito, a satisfazer esquecendo ou ultrapassado o seu supremo bem.

Pobreza

O dia mundial dos pobres, uma hipocrisia?!

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

Com o valor, certamente astronómico, da hipotética venda da Pietà, milhões de pobres, que vivem agora na miséria, poderiam ser significativamente ajudados.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site