Incêndios

Incêndio na Sertã alastra a Proença-a-Nova e ameaça Mação

386

Incêndio no concelho da Sertã está a aproximar-se de aldeias e obrigou ao corte do IC 8, entre Vale do Pereiro e a Sertã, indicou a Autoridade Nacional de Proteção Civil).

PAULO CUNHA/LUSA

O incêndio florestal que eclodiu sexta-feira no concelho da Sertã, distrito de Castelo Branco, atingiu esta tarde o concelho vizinho de Proença-a-Nova “com violência e muitas projeções devido ao vento”, disse à Lusa o presidente da Câmara.

De acordo com João Lobo, as chamas entraram no concelho de Proença-a-Nova cerca das 17:30 de hoje, perto das povoações de Vergão e Maljoga de Proença, que, no entanto, não chegaram a ser evacuadas “por não ter havido essa necessidade”, adiantou.

“Está a arder com intensidade, mas já não tem a violência que teve quando entrou aqui há três horas atrás, com rajadas muito grandes de vento que potenciavam grandes projeções”, indicou o autarca.

Segundo João Lobo, uma das frentes dirigiu-se para área já queimada – noutro incêndio ocorrido em julho na mesma zona, com origem na Sertã e que se estendeu a Proença-a-Nova e ao concelho de Mação, no distrito de Santarém – “e extinguiu-se nessa área”.

Outros dois focos mantêm-se ativos em Proença-a-Nova e João Lobo antecipou que a noite “vai ser novamente longa para tentar resolver a situação”, tendo a autarquia no local três máquinas de rasto em apoio aos operacionais no terreno.

As chamas que eclodiram em Carvalhal, no concelho da Sertã, cerca das 17:30 de sexta-feira, percorreram quase 20 km em linha reta até à zona de Proença-a-Nova e ameaçam chegar novamente ao concelho de Mação “e repetir o fenómeno de finais de julho”, disse, por seu turno, o presidente da autarquia Vasco Estrela.

“O incêndio está muito perto, a cerca de 500 metros, a um quilómetro de entrar no concelho de Mação”, ilustrou.

De acordo com a página Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil, a combater as chamas na Sertã estavam, às 20:54 de hoje, 794 operacionais, apoiados por 261 viaturas e dois meios aéreos.

Fogo próximo de aldeias e IC8 cortado

O incêndio que lavra no concelho da Sertã está a aproximar-se de várias aldeias e obrigou ao corte do Itinerário Complementar (IC) 8, entre Vale do Pereiro e a Sertã, indicou a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O comandante da ANPC Paulo Santos disse à agência Lusa que este incêndio do distrito de Castelo Branco está a aproximar-se de várias aldeias do concelho da Sertã, mas ainda não houve localidades evacuadas.

Paulo Santos adiantou que estão a deslocar-se para várias aldeias, como Ribeira da Várzea, Póvoa da Várzea, Hortas e Vale do Pereiro, grupos de apoios com ambulâncias para auxiliar as populações e evacuar as localidades em caso de necessidade.

O comandante da ANPC indicou também que uma casa de habitação em Póvoa da Várzea foi afetada pelo fogo e o IC8 está cortado ao trânsito entre Vale do Pereiro e a Sertã.

Segundo a ANPC, o incêndio lavra desde as 17:35 de sexta-feira e está a ser combatido por 627 bombeiros, 206 veículos e 13 meios aéreos.

Paulo Santos afirmou que houve um reforço de meios, estando o incêndio “bastante intenso” e o combate a ser dificultado devido ao vento forte.

O comandante disse ainda que este fogo é “bastante complexo” e “não está a ceder aos meios” de combate, que “não conseguem acompanhar a frente do fogo”.

O outro incêndio do distrito de Castelo Branco, que teve origem num reacendimento pelas 15:45 de sexta-feira na Covilhã, está em fase de resolução, mas permanecem no local 300 operacionais, apoiados por 90 viaturas e dois meios aéreos.

Paulo Santos afirmou que este fogo “ainda continua a dar trabalho” aos bombeiros e está a ter algumas reativações.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site