Viagens

Os 20 países mais bonitos do mundo, segundo a Rough Guides

711

A Rough Guides perguntou aos leitores através das redes sociais quais os países cuja beleza mais os fascinou. A Escócia é a preferida dos internautas, Portugal nem aparece na lista.

Getty Images/iStockphoto

Nenhuma das praias portuguesas, das florestas verdejantes ou aldeias antigas do nosso país conseguiram conquistar o coração — ou pelo menos os olhos — dos seguidores da Rough Guides. A editora e guia de viagens perguntou aos seus leitores nas redes sociais quais eram, para eles, os países mais bonitos do mundo. A Escócia saiu vencedora graças aos lagos profundos, às praias selvagens e dos castelos. Na lista, aparece também África do Sul (a única entrada no país africano) e a pequena Croácia.

Além da Escócia, também o Canadá e a Nova Zelândia compõem o pódio da lista composta por vinte países. Nela também tiveram lugar o romance italiano, as auroras boreais da Irlanda e as praias de areia negra da Islândia.

Conheça os 20 destinos escolhidos (e o que os torna especiais) pelos leitores da Rough Guides na fotogaleria acima.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt
Crónica

Quem viaja muito a trabalho tem sorte?

Ruth Manus
661

Viajar toda hora só é uma sorte quando tais viagens são por turismo voluntário ou por outra razão mais nobre. Viajar por necessidade ou por imposição não tem lá muita graça.

Governo

A plateia dos patetas

Maria João Avillez

Um misto de leveza, manha, irresponsabilidade. Uma manipulação a partir do palco do poder para a plateia de patetas onde quem não é da geringonça é suposto estar sentado.

Agências de Rating

De BB+ para BBB-

Luís Aguiar-Conraria

A procissão ainda vai no adro. Para a Fitch e a Moody’s a dívida portuguesa anda é investimento especulativo. E, enquanto estivermos muito endividados, estaremos sujeitos aos maus humores dos mercados

Fernando Medina

Síndrome de Lisboa

Maria João Marques

O carro é um meio de transporte legítimo, os proprietários pagam impostos, pelo que têm direito a usá-lo quando assim lhes for mais confortável e conveniente, sem serem demonizados pelo edil lisboeta.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site