Vitória de Guimarães

Pedro Martins quer vencer Salzburgo para cimentar ambição europeia do Vitória de Guimarães

O treinador do Vitória de Guimarães diz que vencer o Salzburgo é importante para subir na competição europeia de futebol. Pedro Martins diz que a equipa "tem condições" para vencer.

O treinador frisou que o Salzburgo é "forte" no ponto de vista "físico"

MANUEL ARAÚJO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O treinador do Vitória de Guimarães assumiu esta quarta-feira que um triunfo frente aos austríacos do Salzburgo, na primeira jornada do Grupo I da Liga Europa de futebol, pode ser “importante” para o apuramento para os 16 avos de final.

A equipa lusa inicia, na quinta-feira, a 18.ª época nas provas europeias, com a receção ao tetracampeão austríaco, e o treinador vitoriano adiantou que seria “muito importante” e “positivo” o clube “passar a fase de grupos”, realçando que, numa “prova tão curta”, é preciso começar a vencer para se dar “passos largos” rumo ao objetivo.

Era importante ter um bom resultado, porque é em nossa casa, contra um adversário que temos condições para vencer, sabendo das dificuldades. Gostaríamos de fazer história e temos condições de o fazer”, disse, na conferência de imprensa de antevisão, no Estádio D. Afonso Henriques.

O clube vimaranense nunca passou a fase de grupos nas duas participações – 2005/06, na Taça UEFA, e 2013/14, na Liga Europa -, e acrescentou que a equipa tem “ambição” de seguir em frente num grupo em que, a seu ver, os franceses do Marselha são a equipa “mais forte” no “plano teórico e individual” e anteviu “equilíbrio” entre Vitória, Salzburgo e Konyaspor, da Turquia.

No plano teórico e individual, mais forte, com jogadores de qualidade. Não está a começar bem esta época. Vejo duas equipas com futebol diferente do nosso, mas prevejo muito equilíbrio. É muito difícil“, referiu.

Pedro Martins, que vai cumprir, frente ao Salzburgo, o 21.º jogo como treinador na Liga Europa, depois em 10 jogos pelo Marítimo, na época 2012/13, e de outros 10 pelo Rio Ave, em 2014/15, antecipou um “jogo muito equilibrado” entre equipas com “dois estilos diferentes” – os vitorianos a privilegiarem o “critério” na posse de bola e os austríacos a jogarem um futebol de “transições”, “rápido” e “vertiginoso”.

O Salzburgo, frisou o treinador, é “forte” no ponto de vista “físico”, nomeadamente nos “duelos”, mas também a nível “técnico”, com um “jogo interior muito forte”, mas afirmou que a sua equipa, apesar de “estrategicamente” preparada para o jogo, não vai abdicar da “identidade que tem”, recusando dizer se vai operar alterações no ‘onze’. “Não sou homem de mexer quando a equipa estabiliza no seu processo, nem tampouco de afirmar o ‘onze’ que vai jogar amanhã [na quinta-feira]. Vai jogar o ‘onze’ que está na melhor fase”, disse.

O treinador disse que o triunfo sobre o Boavista (1-0), que elevou os vitorianos para o sétimo posto da I Liga, trouxe “confiança” para o duelo com o segundo do campeonato austríaco, que atravessa uma série de dois jogos sem vencer, e vincou que a sua equipa está a evoluir a nível “físico” e no “processo de jogo”.

O jogo vai também colocar frente a frente duas equipas com experiência díspar nestas lides – o Salzburgo participa ininterruptamente nas provas europeias desde a época 2006/07, enquanto o Vitória, apesar de ter iniciado o percurso europeu em 1969/70, apenas competiu em quatro épocas desde 2005/06.

Pedro Martins considerou, porém, que a “experiência” não vai ser “fundamental” para o jogo, por a época estar ainda numa “fase precoce”, e salientou, ao invés, que o “fator casa” e a presença de adeptos vitorianos pode “desequilibrar” o jogo a favor da sua equipa.

Já o defesa e capitão Pedro Henrique, o único jogador que Pedro Martins confirmou como titular, disse que a equipa tentou “analisar bem” os “pontos menos fortes” do Salzburgo para obter um “resultado positivo” e frisou que o jogo será um “momento importante” para a “carreira” de muitos elementos do plantel.

É uma competição nova para mim como para alguns companheiros. Temos de encarar de forma tranquila. Sabemos da nossa qualidade e temos de desfrutar este momento”, disse.

O Vitória de Guimarães recebe o Salzburgo, da Áustria, na quinta-feira, pelas 20h05, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, em jogo da primeira jornada do Grupo I, dirigido pelo árbitro Aliyar Aghayev, do Azerbaijão.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site