Terrorismo

Rússia. Vaga de falsos alertas de bomba são “terrorismo telefónico”

As centenas de falsos alertas de bomba feitos pelo telemóvel contra locais públicos na Rússia são "terrorismo telefónico". Segundo a presidência, estão a ser tomadas medidas para encontrar os autores.

SERGEI KARPUKHIN/ POOL/EPA

Autor
  • Agência Lusa

A presidência russa qualificou esta quinta-feira como “terrorismo telefónico” centenas de falsos alertas de bomba feitos pelo telemóvel, nos últimos dias, contra locais públicos na Rússia.

Isto é, sem dúvida, terrorismo e vandalismo telefónico“, disse aos jornalistas Dmitry Peskov, porta-voz do Presidente Russo, Vladimir Putin. Segundo o porta-voz, “estão a ser tomadas todas as medidas necessárias” para encontrar os autores dos telefonemas.

De acordo com a EFE, mais de 20 escolas foram esta quinta-feira evacuadas na capital russa, tendo sido retiradas mais de 15 mil pessoas dos estabelecimentos. Também hoje, em São Petersburgo, foram evacuados todos os grandes centros comerciais, num total de doze, e ainda um outro em Kazán. As autoridades adiantaram que nos últimos três dias foram evacuados 500 edifícios, entre eles órgãos oficiais, escolas e centros comerciais, e retiradas 150 mil pessoas e não foram encontradas bombas.

As chamadas anónimas começaram na segunda-feira, na zona ocidental da Rússia, e espalharam-se na terça-feira a cidades de todo o país.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Brexit

O discurso de May causa dúvidas

João Marques de Almeida

Continua por clarificar a questão das garantias jurídicas dos cidadãos europeus que trabalham no Reino Unido. Estarão protegidos pelo Tribunal Europeu de Justiça? May nada nos disse sobre isso.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site