Chefs

Herdade do Esporão fecha restaurante de fine dining

O restaurante do Enoturismo em Reguengos de Monsaraz, apontado por muitos como uma potencial estrela Michelin, vai fechar no final de outubro, reabrindo em inícios de 2018 com um novo conceito.

© Divulgação

Acaba de ser anunciado que o restaurante Esporão, projeto integrado no enoturismo da Herdade do Esporão, em Reguengos de Monsaraz, vai fechar no final de outubro. No seu lugar deverá nascer outro espaço gastronómico de conceito diferente. A decisão prende-se com a vontade da empresa em seguir um rumo diferente.

Pedro Pena Bastos, o chef de 27 anos que liderava esta cozinha há três anos, emitiu um comunicado — assinado em parceria com Teresa Sousa Chaves, a diretora de F&B (“food and beverage”, em português, “comida e bebida”) do espaço — onde se lê que no próximo dia 28 de outubro decorrerá “o seu ultimo serviço”.

Em relação ao futuro da restauração na Herdade, no mesmo comunicado lê-se que “o restaurante do enoturismo assentará num novo modelo” e que “o Esporão dará mais novidades em breve”.

Não há, para já, novo destino para Pena Bastos, chef que há algum tempo é apontado como uma estrela Michelin em potência. No seu percurso contam-se passagens pelo Cafeína, no Porto, Grémio Literário, em Lisboa, Ledbury, em Londres e Geranium, em Copenhaga.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: dlopes@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site