Beleza e Bem Estar

7 mudanças que tem de fazer agora para preparar a pele para o frio

Assim que as cores de outono começarem a aparecer, está na hora de fazer algumas mudanças na sua rotina de beleza para começar a preparar o rosto, o corpo e o cabelo para o frio. Maquilhagem incluída.

O outono é a altura em que deve fazer um "reboot" à sua pele com tratamentos de pele, máscaras, limpezas e esfoliações.

Nicky J Sims/Getty Images)

As folhas das árvores estão a secar e, em breve, vão cair. Mas isso não significa que o mesmo tem de acontecer com a nossa pele. Assim que as cores de outono começarem a aparecer — olá castanhos, verdes escuros e amarelos torrados — já sabe que está na hora de abrir a sua gaveta de beleza e trocar os produtos que andou a usar durante o verão. E isto não é uma desculpa do mercado para nos levar a comprar mais coisas mas, antes, uma forma de reagir conforme as diferentes necessidades da pele.

Os produtos que andámos a utilizar nos dias de sol cheios de proteção solar, ingredientes que reagem bem na humidade e texturas frescas para aliviar o calor não são tão necessários quando a temperatura começa a descer. Tal como usamos calções no verão e camisolas de lã no inverno, também a pele pede diferentes camadas conforme a altura do ano. Quando chega o frio, a pele começa a perder muita água e é impossível reter a sua hidratação natural devido às diferenças bruscas de temperatura (casas e escritórios quentes em contraste com o frio da rua). Ou seja, é nesta altura que se deve trocar o hidratante leve de verão por um mais gordo e cremoso que crie uma camada protetora no frio. O que deve procurar nas embalagens dos cremes de inverno são palavras como rich (rico) ou nourishing (nutritivo).

Reunimos sete mudanças que deve começar a fazer agora e que vão preparar a sua pele para o frio que, mais cedo ou mais tarde (pedimos desculpa por relembrar), vai voltar.

Faça um “reboot” à sua pele

O outono é a altura ideal para apostar em tratamentos de pele, máscaras, limpezas e esfoliações para reparar de todos os danos que a pele sofreu durante o verão. É como se carregasse no botão de stop e reiniciasse a pele para a preparar para os próximos meses. Na fotogaleria veja alguns produtos novos a chegar às lojas que pode experimentar em casa e que vão fazer uma reparação profunda. Mas porque é também nesta altura que vale a pena procurar tratamentos específicos, os centros de estética Well’s têm um novo tratamento inspirado nos cuidados de pele das japonesas. O Lifting Manual Japonês (com um PVP de 29€ ou 20€ até ao fim de setembro) aumenta a circulação sanguínea, descongestiona, oxigena e nutre a pele, promovendo um efeito tensor e anti-rugas imediato.

Mude para um hidratante mais pesado

Enquanto no verão os tratamentos de pele têm um foco preciso — proteger do sol –, são também texturas mais leves porque há muita humidade no ar. Quando entramos no outono, o foco deve ser a hidratação com produtos ricos e gordos. Esta é a altura em que a humidade diminui e a chegada do vento e do frio pode deixar a pele irritada e a precisar de hidratação extra. Se tem pele oleosa, uma fórmula em gel é uma boa alternativa a um creme que pode ser demasiado pesado (mas fórmulas em gel nutritivas). Se não tem por hábito usar cremes de noite, use, pelo menos, durante o inverno. Pode optar por um creme gordo durante o dia para proteger um óleo nutritivo à noite para reparar.

Ajuste a sua maquilhagem

Que é como quem diz, pode voltar a usar maquilhagem. Se no verão apostou nas bases sem cor e iluminadoras, nos produtos à prova de água (e de suor) e nos corretores para substituir a maquilhagem pesada, com o outono chega aquela vontade de voltar a dar cor ao rosto. Se usa base o ano inteiro, agora é hora de verificar o tom que anda a usar porque a sua cor de verão já está a desvanecer e terá que voltar à base mais clara (porque, sim, a sua pele vai ficar pálida e ninguém quer ter um efeito de máscara com o rosto de uma cor e o pescoço de outra). Esta é também a altura para abandonar o bronzer até para o ano para dar nova vida ao seu blush. Porque, com o frio, a pele tende a secar, pode apostar nos blush em creme e líquidos. E porque esta é a melhor parte da mudança sazonal, vai poder voltar a usar batons escuros — cor de vinho, castanhos, roxos e vermelhos, é à vontade do freguês.

Adeus sprays de sal, olá condicionadores

Se no verão andou de forma satisfatória a lavar o cabelo e a deixá-lo secar ao ar (ou a borrifá-lo com sprays de sal), vai ter de deixar de o fazer porque o cabelo também sofre com as mudanças de temperatura. Esta é a altura para utilizar uma gama reparadora e nunca, nunca saltar o condicionador — vai manter o cabelo liso e reduzir o efeito estático que parece que ataca toda a gente por esta altura. Além disso, o condicionador bloqueia a humidade nos fios (o que ajuda a manter o brilho) e cria uma cada protetora entre o cabelo e os danos externos.

Não esqueça o corpo

Agora que as pernas vão começar a andar tapadas, é perfeitamente normal relegar os cuidados de corpo para segundo plano. Mas é exatamente agora que tem de redobrar os cuidados — a exposição ao sol seca a pele e, no fim do verão, ela tende a estar mais seca, desidratada e, em casos mais graves, a ressecar e a rachar. E, só para assustar, a pele seca torna-se mais flácida. Esta é a altura para começar a trocar a sua loção ou leite hidratante corporal por um creme. Tal como no rosto, também no corpo deve usar cremes gordos e pesados que consigam criar uma barreira que impeça a perda de humidade.

Aposte nos produtos de banho multi-funcionais

Se passou todo o verão à beira da piscina e do mar, não se espante se, agora, a sua pele estiver mais seca e áspera. É normal devido à agressão contínua que sofreu. É hora de trocar o seu gel de banho suave por algo mais forte que lave e reponha a hidratação. Pode também optar pelos produtos de banho que incluem ingredientes esfoliantes porque vão deixar a pele mais suave.

E continue a usar protetor solar

Esta não é novidade mas é um lembrete. Os dias estão a ficar cada vez mais curtos e sol cada vez mais fraco mas isso não significa que a pele não sofra com os raios UV. Deve usá-lo todo o ano, pelo menos no rosto, ou pode apostar em hidratantes com filtro de proteção solar.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Estado

O Estado e a verdade

Rui Ramos

Este é um Estado que teve seis anos José Sócrates à frente do governo, carregado de suspeitas de corrupção, mentira e conspiração contra o Estado de direito – e nada fez para esclarecer as dúvidas.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site