Moda

Carlos Gil e Pedro Pedro levam ‘athleisure’ e década de 80 a Milão

O 'athleisure' do designer Carlos Gil e a revisitação à década de 1980 de Pedro Pedro são os referenciais estéticos para os desfiles desta sexta-feira na Semana da Moda de Milão.

Depois de Milão, o painel português ruma a Paris

JOSE SENA GOULAO/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O ‘athleisure’ (vestuário para exercício físico e uso diário) do designer Carlos Gil e a revisitação à década de 80 de Pedro Pedro são os referenciais estéticos para os desfiles desta sexta-feira na Semana da Moda de Milão.

É a quinta vez consecutiva que a moda portuguesa participa na Milano Moda Donna através do apoio do Portugal Fashion, projeto de promoção de moda portuguesa a nível nacional e internacional, e esta sexta-feira há dois criadores portugueses que apresentam as suas novas coleções femininas primavera/verão 2017/2018 no espaço Le Cavallerizze, em Milão.

O primeiro desfile é de Carlos Gil e está marcado para as 12h00 locais (11h00, em Lisboa).

Os trabalhos que vão passar pela passarela do Le Cavallerizze assentam numa estética do ‘athleisure’, um termo que descreve uma nova tendência de levar o vestuário de desporto que se usa no ginásio para o dia-a-dia.

Carlos Gil vai apresentar um trabalho que revela visuais “descontraídos e leves”, enquadrados pela matriz da elegância urbana e cosmopolita que caracteriza aquela marca, inspirada pela “imponência da arquitetura contemporânea das grandes cidades e pelos ambientes tropicais”, avançou à Lusa fonte do projeto Portugal Fashion.

“As cores e os padrões são fortes e vibrantes apresentando tons como o amarelo, o magenta, o esmeralda e o violeta”, mas também apontamentos de cores mais suaves como o camel e neutros”, pode ler-se na memória descritiva da nova coleção de Carlos Gil.

O segundo desfile da moda portuguesa a passar esta sexta-feira na Semana da Moda de Milão é o do designer Pedro Pedro, marcado para começar às 19h30 locais (18h30, em Lisboa), onde a inspiração é na década de 80.

As propostas de Pedro Pedro assentam na “cor e liberdade de revisão dos anos 80” substituindo nesta nova coleção para a estação quente as roupas “bem-comportadas” pelo “street e sportswear“, com calçado desportivo e peças de desenho básico.

O Portugal Fashion avança que Pedro Pedro vai apresentar uma coleção onde predominam “estampados geométricos, como as barras e os quadrados”, com materiais que assentam em poliamidas conjugadas com denim e tricôs, “rematados com detalhes franzidos, elásticos, torcidos, linhas saco e quimono que se moldam a reajustam”.

Nesta participação da moda portuguesa na Milano Moda Donna, o Portugal Fashion vai levar também a Milão as coleções primavera/verão 2018 dos criadores Katty Xiomara, Carla Pontes, Luís Buchinho, e das marcas TM Collection by Teresa Martins e Pé de Chumbo, que são apresentadas em paralelo no certame italiano White Milano, através do projeto Next Step, o “braço comercial” do Portugal Fashion.

A Milano Moda Donna, que termina dia 25 de setembro, tem uma média de dez desfiles diários, e pelas passarelas vão passar, por exemplo, marcas e criadores como Max Mara, Fendi, Moschino, Les Copains, Giorgio Armani, Roberto Cavalli, Versage, Jill Sander ou Salvatore Ferragamo.

Depois da passagem por Milão, o périplo internacional do Portugal Fashion ruma a França, para a Semana da Moda de Paris, evento que se realiza entre os dias 26 de setembro e 3 de outubro.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site