Cabelo

20 momentos em que o cabelo curto mostrou ser tão feminino quanto o comprido

É a moldura do nosso rosto e uma das principais fontes de auto-estima. E nos últimos anos o cabelo curto tem-se mostrado cada vez mais sexy e símbolo de feminilidade e poder. Tanto quanto o comprido.

Autor
  • Helena Magalhães

Entrámos oficialmente no outono. Talvez só na teoria, é verdade, porque na prática o calor ainda está a dar o ar de sua graça. Mas se a mudança de estação lhe dá vontade de mudar de visual, esta é a altura em que pode arriscar em algo totalmente diferente. Lembra-se do que se costuma dizer? Quando uma mulher muda o seu cabelo é porque está prestes a mudar de vida. E porque nós não somos como o Sansão (a nossa força não vem do nosso cabelo), um corte arrojado pode mesmo significar uma força renovada para terminar o ano em grande.

Os cabelos curtos têm vindo a ganhar destaque nos últimos anos mas este ano parecem ter virado tendência. A atriz Kate Hudson rapou agora o cabelo para um novo filme e Kristen Stewart de cabelo curto representa a sensual Gabrielle no novo perfume de Chanel. Nos últimos anos, muitas mulheres têm vindo a mostrar como os cabelos curtos, muitas vezes, conseguem ser mais femininos que os compridos. Se está pronta para uma mudança radical, cortar o cabelo todo pode ser uma escolha acertada. E não, não vai ficar a parecer a cantora Britney Spears no seu trágico ano de 2007 de cabeça rapada.

Na fotogaleria reunimos alguns momentos que nos mostram como os cabelos curtos podem ser bonitos, poderosos, femininos e até sexys. E se ainda tem dúvidas — o frio está a chegar mas este vai ser o penteado mais quente da estação.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Meus pais e seus aparelhos eletrônicos

Ruth Manus

Parece que todos os aparelhos eletrônicos que os meus pais compram foram vítimas de algum tipo de maldição que tornou seu funcionamento algo absolutamente anormal. 

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site