Jóias

Centena e meia de expositores levam jóias que “contam histórias” à Portojóia

A feira de ourivesaria e relojoaria Portojóia regressa esta quinta-feira a Matosinhos. Para além dos habituais expositores, o evento conta um encontro de bloggers e vários workshops.

A Portojóia é o maior evento deste setor em Portugal

JOSÉ COELHO/LUSA

Centena e meia de expositores prometem a partir desta quinta-feira pôr as jóias a “contar histórias” aos 10 mil visitantes esperados na edição 2017 da feira de ourivesaria e relojoaria Portojóia, que decorre até domingo em Matosinhos.

Apresentando-se como “a maior feira do setor em Portugal”, a Portojóia tem este ano como tema ‘Jewels tell stories’ (‘As jóias contam histórias’), prevendo a organização manter o “crescimento assinalável” que “tem vindo a registar, ao longo das edições, quer ao nível do número de expositores, quer do volume de negócios realizado”.

Em 2016 o certame contou com a presença de 150 expositores, que deram a conhecer as suas novidades a aproximadamente 10 mil visitantes, cerca de 300 dos quais estrangeiros”, adiantou a diretora da feira, Amélia Monteiro, em declarações à agência Lusa.

Este ano são 158 os expositores presentes, 35% dos quais são marcas de jóias, 25% são importadores de marcas, 15% são fabricantes de jóias, 20% são produtores de ‘software’ e máquinas e 5% são ‘designers’ de autor.

Quanto aos visitantes – a feira é dirigida a profissionais – são em cerca de 80% ourivesarias, joalharias e relojoarias, tendo as categorias “outros profissionais do setor” e “estudantes e decoradores” um peso de 10%.

Paralelamente aos espaços de exposição, a organização da feira apresenta aos visitantes atividades como um encontro de ‘bloggers’ e ‘workshops’ intitulados “A história das marcas e contrastes”, “O profissional da joalharia, ourivesaria e relojoaria do futuro – ‘social selling'”, “Alerta: diamantes sintéticos” e “Breve história da joalharia contemporânea em Portugal”.

Pela segunda vez será atribuído o prémio ‘Best of’, que reconhece os melhores do setor da joalharia nas categorias “Designer Revelação”, “Melhor Inovação (Técnica e Materiais)”, “Melhor Montra em Loja e em Feira”, “Melhor ‘Stand’”, “Melhor Loja Física”, “Melhor Loja ‘Online'” e “Prémio Carreira”.

Já na zona ‘Trendspot — Exploration’ será possível conhecer as jóias que, de acordo com especialistas, melhor projetam as tendências para 2018/2019, estando as tendências agrupadas nos temas “Artistical”, “Futuristical”, “Biomimetical” e “Fantastical”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site