Brasil

Brasil pede apoio à Suíça para investigação a presidente do comité olímpico

As autoridades brasileiras que estão a investigar as acusações de corrupção e branqueamento de capitais ao presidente do Comité Olímpico do país, Carlos Arthur Nuzman, pediram ajuda à justiça suíça.

Julio Cesar Guimaraes/EPA

As autoridades brasileiras que estão a investigar as acusações de corrupção e branqueamento de capitais ao presidente do Comité Olímpico do país, Carlos Arthur Nuzman, pediram esta sexta-feira ajuda à justiça suíça.

Em comunicado, o escritório do procurador-geral da suíça anunciou que está a “analisar o pedido de assistência jurídica”.

Na quinta-feira, o presidente do Comité Olímpico do Brasil (COB) foi detido por alegada participação na compra de votos com vista à eleição do Rio de Janeiro para sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

A polícia brasileira indicou, em comunicado, que o presidente do COB, de 75 anos, enfrenta acusações de “corrupção, branqueamento de capitais e participação em organização criminosa”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site