Crime

Três explosões em caixas multibanco no distrito do Porto

Desde 26 de setembro, já explodiram seis caixas multibanco no distrito do Porto. Desta vez, aconteceu nos concelhos de Vila do Conde, da Maia e de Paredes.

As explosões aconteceram entre as duas e as cinco da manhã

CARLOS BARROSO/LUSA

A GNR registou, entre as 02:00 e as 05:00 desta sexta-feira, explosões de três caixas multibanco no distrito do Porto, em casos que estão a ser investigados pela Polícia Judiciária.

Fonte da GNR disse à agência Lusa que um dos casos ocorreu em Labruge, Vila Conde, e um segundo em São Pedro de Fins, Maia. Um terceiro caso, que a GNR já tinha revelado, registou-se em Recarei, concelho de Paredes.

Segundo o presidente da Junta de Freguesia de Recarei, Belmiro Sousa, o caso ocorreu numa caixa multibanco instalada no exterior da agência da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo.

Ouviu-se um estrondo muito grande depois das 4:00″, disse o autarca, referindo a presença de um “grande aparato policial” no local.

Situações similares às desta sexta-feira ocorreram a 26 de setembro, altura em que as autoridades registaram três explosões de caixas multibanco em Águas Santas, concelho da Maia, Vila das Aves, município de Santo Tirso, e em Laúndos, na zona da Póvoa de Varzim.

Explosão de Multibanco na Maia precedida de dois casos similares

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site