Segurança

eCall: sabe o que é? Vai ser obrigatório

1.189

Falta menos de um ano para a entrada em vigor da obrigatoriedade, pelo que o melhor é estar informado: todos os veículos ligeiros novos terão de possuir sistema de chamada automática de emergência.

Autor
  • Francisco António

Também conhecido como eCall e hoje em dia já disponibilizado por vários fabricantes automóveis, o sistema de chamada automática, em caso de acidente, para os serviços de emergência, vai passar a ser obrigatório em todos os veículos ligeiros de passageiros e comerciais novos, na Europa, já a partir de 31 de março de 2018.

Aprovado pelo Parlamento Europeu em 2015, o Regulamento 2015/758, que torna obrigatória a disponibilização deste serviço de emergência resulta de uma vontade política, com base em estudos segundo os quais este tipo de tecnologia pode contribuir para reduzir em cerca de 10% as mortes na estrada.

Partindo do princípio de que, em caso de acidente rodoviário grave, todos os minutos contam no socorro às vítimas – existindo mesmo o conceito de “hora de ouro”, ou seja, os 60 minutos posteriores à colisão ou despiste, durante os quais há maior probabilidade de salvar vidas –, esta tecnologia permite reduzir significativamente o tempo que vai desde o momento do sinistro até à chegada dos meios de socorro.

Quanto ao sistema propriamente dito, que tem por função avisar automaticamente os serviços de emergência de um acidente grave, visa facilitar a localização do veículo, fornecendo igualmente informações básicas como o tipo de viatura, o combustível utilizado, a hora do acidente e o número de passageiros. Sendo que, por uma questão de protecção de dados, em momento algum ou de forma alguma, estas informações poderão ser passadas a terceiros, sem o consentimento explícito dos intervenientes.

Também com o propósito de salvaguardar os dados dos passageiros, o regulamento já publicado no “Diário Oficial” da União Europeia determina que “o fabricante [do automóvel] garantirá que os dados registados na memória interna do sistema ou unidade técnica independente serão apagados de forma automática e continuada, assim como que nenhuma entidade exterior ao sistema ou à unidade técnica independente integrada no veículo possa vir a ter acesso aos referidos dados, em qualquer período anterior à activação da eCall”.

No futuro, também para camiões

Entretanto, os Estados-membros também já deverão ter implementada (o prazo limite era 1 de Outubro) toda a infra-estrutura necessária para um correcto funcionamento do sistema, sendo que o objectivo da União Europeia passa, inclusivamente, por estender o eCall a outros veículos, como os autocarros ou os camiões.

A aplicação desta tecnologia neste tipo de viaturas deverá começar dentro de um período máximo de três anos, após a entrada em vigor da mesma, nas viaturas ligeiras.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site