Titanic

Carta de passageiro do Titanic leiloada por 140.600 euros

Uma carta escrita por um dos passageiros do paquete Titanic um dia antes de se ter afundado foi arrematada por 126 mil libras esterlinas (cerca de 140.600 euros) num leilão em Inglaterra.

Holverson descreveu o Titanic como sendo de "um tamanho gigante e equipado como um hotel palaciano"

MIKE KESSLER/EPA

Autor
  • Agência Lusa

Uma carta escrita por um dos passageiros do paquete Titanic um dia antes de se ter afundado foi arrematada por 126 mil libras esterlinas (cerca de 140.600 euros) num leilão em Inglaterra. O manuscrito, com o timbre do navio, foi escrito pelo passageiro de 1.ª classe Alexander Oskar Holverson no dia 13 de abril de 1912, um dia antes do navio atingir um “iceberg” e se ter afundado no Atlântico Norte, tendo causado a morte a mais de 1.500 pessoas. Holverson, um vendedor, tinha a intenção de enviar a carta para a mãe, que morava em Nova Iorque.

A casa do leilão Henry Aldridge & Son, especializada em memorabilia do ‘Titanic’, afirmou que foi “a carta mais importante do ‘Titanic’ que já vendeu” devido ao seu conteúdo, contexto histórico e raridade, noticiou a AP. Na carta, dirigida à “minha querida Mãe” e manchada com marcas de água salgada, Holverson descreveu o Titanic como sendo de “um tamanho gigante e equipado como um hotel palaciano”, e acrescentou: “A comida e a bebida são excelentes”. “Se tudo correr bem, chegaremos em Nova Iorque, quarta-feira, mãe”, acrescentou.

A carta, uma das últimas conhecidas por ter sido escrita a bordo pelas vítimas do desastre, foi encontrada no caderno de bolso da Holverson quando o seu corpo foi resgatado do mar e enviado à família.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Angola

João Lourenço e MPLA: estamos juntos?

José Pinto

Apesar do seu debilitado estado de saúde, José Eduardo dos Santos ainda é o Presidente do MPLA. As exonerações dos seus familiares diretos dificilmente mereceram a sua aquiescência.

Caso José Sócrates

Quid custodiet custodiam?

Luís Ribeiro

Agora que o puzzle está claro, quanto será reaberto o inquérito ao crime contra o Estado de Direito para conhecermos a cumplicidade dos que então eram os mais altos responsáveis da Justiça portuguesa?

Pobreza

Amar com obras e não com palavras

P. Miguel Almeida, sj

Há uma diferença entre culpa e responsabilidade. O facto de não termos culpa de haver fome e pobreza no mundo não nos isenta da responsabilidade, simplesmente porque somos todos irmãos em humanidade.

Panteão Nacional

O sacrossanto panteão de Santa Engrácia

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
112

Se a república é laica, porque se apropriou de uma antiga igreja católica para seu panteão nacional? O laicismo não é capaz de arranjar um espaço próprio, onde sepultar os seus próceres?

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site