Web Summit

Cerca de 18 mil reservas na plataforma Airbnb durante Web Summit geram 1,5 milhões de euros

A plataforma online Airbnb anunciou que recebeu 18 mil reservas em Lisboa para o período entre segunda e quinta-feira, dias em que decorre a Web Summit.

O impacto é de 1,5 milhões de euros

MIGUEL A. LOPES/EPA

Autor
  • Agência Lusa

A plataforma ‘online’ de alojamento Airbnb estimou esta sexta-feira 18 mil reservas em Lisboa entre segunda-feira e quinta-feira, dias em que ocorre a conferência de tecnologia Web Summit, e um impacto de 1,5 milhões de euros.

Em comunicado, a Airbnb nota que este número representa um acréscimo de 20% face a 2016, ano em que ocorreu a primeira edição da Web Summit em Lisboa e no qual foram feitas cerca de 15 mil reservas na plataforma de aluguer de casas e quartos.

Significa também “cerca de 30% do total de participantes no evento deste ano”, nota a empresa.

A Airbnb assinala que os 34 mil anfitriões lisboetas que vão receber estes hóspedes poderão receber um “rendimento extra superior a 1,5 milhões de euros durante os três dias do evento, 25% mais que em 2016, quando obtiveram rendimentos de 1,2 milhões de euros no mesmo período”.

Quanto aos países de origem, a maioria dos hóspedes vem de França, Reino Unido, Alemanha, Estados Unidos, Holanda e Brasil e usa programa para viagens de negócios da Airbnb.

Citado no comunicado, o representante da empresa em Portugal, Arnaldo Muñoz, sustenta que “a Airbnb tem uma história de sucesso no apoio a comunidades que recebem grandes eventos”, como acontecerá com a Web Summit.

A cimeira tecnológica, que nasceu em 2010 na Irlanda, mudou-se para Lisboa por três anos, com possibilidade de mais dois.

Para 2017, esperam-se cerca de 65 mil pessoas, depois de no ano passado o evento ter registado 53 mil visitantes de 166 países.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Web Summit

O absurdo não mata (mas mói)

Jorge Barreto Xavier
284

Afinal, segundo o ministro da Cultura, o grande problema do indigno jantar da Web Summit no Panteão Nacional, autorizado pela DGPC em 2017 foi: o preço... baixo.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site