Violência Doméstica

Marcelo reúne-se com Capazes, APAV e UMAR para discutir violência doméstica e de género

968

Três associações reuniram-se este sábado com o Presidente da República, encontro em que demonstraram a Marcelo Rebelo de Sousa preocupações com os crimes de violência doméstica e de género.

As representantes das associações demonstraram a Marcelo preocupações com os crimes de violência doméstica e de género

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu este sábado representantes da associação feminista Capazes, da APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima e da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, com “a atenção mediática” recente – disse Inês Ferreira Leite, da associação Capazes – sobre o acórdão do juiz Neto de Moura, na apreciação de um recurso de um caso de violência doméstica, a servir de pano de fundo.

Neste momento pode haver alguns aspetos legislativos que podemos melhorar”, considerou a feminista, mas a “preocupação”, afincou, é colocar totalmente em prática os “excelentes instrumentos legislativos” que existem em Portugal.

O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, não falou aos jornalistas no final do encontro em Belém, que durou mais de uma hora.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Direito

Acesso dos particulares ao Tribunal Constitucional

Catarina Santos Botelho
597

O Acórdão da Relação do Porto sobre o adultério e violência doméstica é um exemplo claríssimo da necessidade de introduzir um recurso de amparo constitucional na ordem jurídica portuguesa.

Comportamento

A esperança é o café da manhã

Laurinda Alves

O que nos faz agir e transcender em cada dia é a esperança de que alguma coisa se componha, de encontrar sentido para a vida, de evoluir, de perceber mais. E temos esperança pela certeza do inesperado

Comportamento

A esperança é o café da manhã

Laurinda Alves

O que nos faz agir e transcender em cada dia é a esperança de que alguma coisa se componha, de encontrar sentido para a vida, de evoluir, de perceber mais. E temos esperança pela certeza do inesperado

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site