Chocolate

Nutella tem uma nova receita…com mais açúcar

Está confirmado, a Nutella tem uma nova receita. O famoso chocolate para barrar no pão (ou comer às colheres) tem agora mais açúcar, mais leite em pó e menos avelãs.

Justin Sullivan/Getty Images

Está confirmado: a Nutella tem uma nova receita. O famoso chocolate para barrar no pão (ou comer às colheres) tem agora mais açúcar, mais leite desnatado em pó e menos avelãs.

As alterações na composição da receita foram avaliados pelo Hamburg Consumer Protection Centre e revelados na página oficial de Facebook do grupo alemão. Ora, o grupo chegou à conclusão de que o teor de leite desnatado em pó aumentou de 7,5% para 8,7% e o açúcar de 55,9% para 56,3%.

Ferrero hat seit vielen Jahren zum ersten Mal erkennbar die Rezeptur von Nutella geändert. Der Anteil an…

Posted by Verbraucherzentrale Hamburg on Thursday, November 2, 2017

Segundo o jornal The Guardian, a empresa italiana Ferrero já reagiu, em comunicado, e confirma que fez uma “afinação” do produto, acrescentando que o valor nutricional da nova receita de chocolate é semelhante ao anterior.

Alguns fãs da Nutella não ficaram contentes com as alterações e não perderam tempo em demonstrá-lo na rede social Twitter. Ora veja:

A controvérsia à volta do valor nutricional da Nutella não é só de agora. Há uns anos, muito se falou sobre os seus malefícios para a saúde, quando surgiu uma fotografia de um frasco de chocolate que mostrava as quantidades de cada ingrediente.

Mas a polémica não é só em torno da saúde. O ambiente tem sido também uma preocupação de ativistas e organizações. A verdade é que o famoso chocolate contém na sua composição óleo de palma, que, para além de estar associado ao aumento do risco de cancro, contribui para a desflorestação massiva, tal como o Observador noticiou. A Ferrero, contudo, chegou o ano passado ao topo da tabela de sustentabilidade da World Wide Fund (WWF) relativa aos compradores de óleo de palma.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Meus pais e seus aparelhos eletrônicos

Ruth Manus

Parece que todos os aparelhos eletrônicos que os meus pais compram foram vítimas de algum tipo de maldição que tornou seu funcionamento algo absolutamente anormal. 

Pobreza

Em nome dos filhos

Diogo Prates

Esta é a oportunidade de a direita portuguesa conseguir com um discurso simples mas eficaz apagar de vez a imagem de que a esquerda é a única que se preocupa com os mais pobres e desfavorecidos. Não é

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site