Canábis

Legalização da canábis no Canadá pode render mil milhões de dólares ao governo

A legalização da canábis no Canadá, prevista para 1 de julho de 2018, pode originar uma receita orçamental de até mil milhões de dólares canadianos anuais, anunciou sexta-feira o governo federal.

YURI CORTEZ/AFP/Getty Images

Autor
  • Agência Lusa

A legalização da canábis no Canadá, prevista para 1 de julho de 2018, pode originar uma receita orçamental de até mil milhões de dólares canadianos (680 milhões de euros) anuais, anunciou esta sexta-feira o governo federal. “Se o mercado é de cerca de 40 mil quilos (…), então as receitas fiscais serão da ordem de mil milhões de dólares” canadianos por ano, estimou Bill Blair, deputado e antigo chefe da polícia de Toronto, que está a dirigir o ‘dossier’ da legalização da canábis.

“É uma estimativa por alto”, porque a dimensão do mercado da canábis legal continua difícil de determinar, relativizou, durante uma conferência de imprensa. Como tinha anunciado o primeiro-ministro Justin Trudeau em outubro, as finanças públicas vão cobrar uma taxa de um dólar canadiano por grama de canábis vendido até 10 dólares. Além deste valor, a taxa passa para 10%.

O produto desta taxa, segundo o projeto de lei, vai ser dividido entre o governo federal, que fica com metade, e pelas 10 províncias e pelos três territórios. O governo federal vai ter de criar o quadro regulamentar que permite às províncias, com a responsabilidade de organizar os canais de distribuição, vender a canábis de forma legal a partir de 1 de julho.

O principal desafio mencionado pelo governo de Trudeau, a propósito da taxa, é o de poder propor um produto acessível para desencorajar os compradores a recorrerem ao mercado negro.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site