Tesla

Ainda não há camião da Tesla. Mas já há vídeo

A horas da apresentação do novo camião eléctrico da Tesla, a marca americana divulgou um pequeno vídeo que permite, desde já, ter uma ideia sobre como poderá ser o seu primeiro veículo pesado.

Autor
  • Alfredo Lavrador

Às 20h00 na Califórnia, 04h00 em Lisboa, será revelado ao público o primeiro veículo pesado da Tesla, obviamente de accionamento eléctrico, isto depois de a marca já ter produzido dois automóveis com a mesma tecnologia, respectivamente os Model S e 3, além do SUV Model X.

O evento é aguardado com alguma curiosidade, para não dizer muita, como aliás acontece sempre que a Tesla – ou a SpaceX, a outra empresa de Elon Musk – decide produzir e anunciar ao mercado o que quer que seja. E, para manter o interesse em alta, eis que o construtor americano especializado em veículos eléctricos, alimentados por bateria, decidiu divulgar um vídeo, muito curto, mas onde se consegue ver o camião em movimento e ter uma ideia sobre como será o tractor e semi-reboque da casa que, segundo Musk, será tão benéfico para o ambiente, como para a empresa transportadora que o vai operar.

Tesla Semi Unveil | 11.16 | watch live at Tesla.com, 8pm PT

A post shared by Tesla (@teslamotors) on

Especificações técnicas do veículo pesado só serão conhecidas dentro de umas horas, mas até lá sempre podemos avançar que será um tractor semi-reboque de classe 8, ou seja, com um peso bruto de 15 toneladas, 0 que equivale a poder deslocar um máximo de 32 toneladas, se possuir mais de quatro eixos, como certamente será o caso. Este é um daqueles camiões que consegue transportar dois contentores de 20 pés, um de 40 ou até mesmo um de 53 pés, não utilizado para transporte marítimo, mas apenas em deslocações por rodovia.

Tradicionalmente, um destes veículos tem o tractor equipado com um motor turbodiesel com 16 litros de capacidade, capaz de fornecer entre 550 e 750 cv (tomando como exemplo os veículos desta classe da Volvo). O problema para a Tesla não é a potência, pois só os motores de um Model S atingem este valor. A dificuldade reside no facto de o motor de um destes veículos debitar uma força (binário) entre 2.900 e 3.500 Nm, uma verdadeira brutalidade. Um Model S P100D, possui 612 cv (somatório dos dois motores aplicados nos dois eixos) e um binário de 967 Nm, pelo que seriam necessários três conjuntos para atingir o torque necessário (quase 3.000 Nm), o que iria originar um tractor com 1.836 cv de potência. Isto é bastante mais do que a concorrência a diesel, dando suporte à afirmação de Musk que o seu semi “poderá vencer um concurso de reboque com o mais potente camião diesel, ladeira acima”. Mas é bem possível que os técnicos da Tesla tenham encontrado uma forma de tornear este problema, de modo mais económico.

Outra dificuldade prende-se com as baterias, uma vez que se os acumuladores de um P100D pesam para cima de 600 kg, assegurando uma autonomia de 613 km (segundo o ciclo NEDC, bastante mais longe da realidade do que o sistema americano) com um veículo que, carregado, não supera os 2.800 kg. Agora imagine-se quanto seria necessário transportar em acumuladores para puxar 32 toneladas durante 500 km ou mesmo 720 km, segundo as estimativas mais optimistas? Se bem que a velocidade dos veículos pesados seja muito baixa, o camião da Tesla não vai a lado nenhum com menos de 3 a 4 toneladas de bateria. O que custa uma fortuna. A vantagem é que o camião eléctrico não se andar a passear de um lado para o outro com 600 ou 800 litros de gasóleo.

O peso dos acumuladores é mais um problema a resolver pelos engenheiros da Tesla, uma vez que o camião foi feito para transportar mercadoria e não baterias. Mas é bem possível que o pessoal do construtor americano retire uma carta da manga e apresente uma solução que deixe toda a gente boquiaberta. E, só pelo desafio tecnológico que pressupõe conceber um camião eléctrico de grande porte, vale a pena esperar pelo anúncio do “semi” da Tesla.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site