Taiwan

Um arco-íris em Taiwan durou nove horas e foi “um presente vindo do céu”

Um arco-íris avistado em Taipé, Taiwan, pode entrar para a lista de recordes mundiais. O fenómeno durou, segundo professores universitários, quase nove horas.

O arco-íris apareceu às 6h57 e prolongou-se até às 15h55.

Um professor em Taiwan afirma ter visto um arco-íris que durou quase nove horas e pretende agora submetê-lo a avaliação do Recorde Mundial do Guinness.

O arco-íris, que apareceu no dia 30 de novembro, durou, segundo Chou Kun-hsuan, professor universitário no Departamento de Ciências Atmosféricas, oito horas e 58 minutos e podia ser avistado nas montanhas que rodeiam Taipé, a capital taiwanesa, segundo o que noticiou a BBC News.

Chou Kun-hsuan e Liu Ching-huang, também professor, incentivaram os alunos a tirar fotografias de vários ângulos e a filmar o fenómeno natural, para poderem documentar o acontecimento. Inicialmente, os professores estavam a monitorizar o arco-íris para testar uma teoria que diz que as bandas de luz descem com o passar do tempo.

Foi maravilhoso… Eu senti que foi um presente vindo do céu… É tão raro”, afirmou Chou Kun-hsuan.

Se o fenómeno entrar para o Guinness, vai ultrapassar o recorde alcançado em março de 1994, em Yorkshire, Inglaterra – um arco-íris que durou seis horas, das 9h00 às 15h00, segundo o website do Guinness.

Quando ultrapassámos o recorde anterior, de seis horas, não consegui ficar sentado para almoçar. Eu estava tão entusiasmado”, contou o professor.

O departamento conseguiu um total de 10 mil fotografias e a juntar “às que as pessoas que estavam no campus tiraram” e às tiradas “pelas pessoas que vivem perto, estou confiante de que podemos provar, segundo a segundo, que o arco-íris durou nove horas”, disse o professor Chou.

De acordo com o jornal The Guardian, o ar húmido, a falta de vento forte e o céu parcialmente nublado permitiu que o arco-íris fosse visível durante mais tempo. A chuva, causada pela formação de algumas nuvens, em conjunto com a luz solar que se fazia sentir, permitiu a formação do arco-íris.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site