Toyota

Toyota avança com crossover citadino mais barato

Depois do protótipo, no Salão de Los Angeles, a marca nipónica acaba de confirmar o lançamento de um novo pequeno crossover citadino, de estilo audaz e preço acessível. Só falta mesmo o nome…

Autor
  • Francisco António

Presente no último Salão Automóvel de Los Angeles com, entre outras novidades, um protótipo de pequeno SUV, denominado FT-AC, a Toyota avança agora com a confirmação da passagem à produção de um novo modelo. O que acontecerá dentro de dois ou três anos e, garante o fabricante, mantendo o estilo audaz, a possibilidade de contar com tracção integral, mas também com um preço de acordo com o posicionamento do produto.

A confirmação foi dada à americana Motor Authority, pelo próprio director-geral da Toyota Motor North America, Jack Hollis, o qual revelou que a marca nipónica está a preparar um novo SUV compacto, a posicionar ligeiramente abaixo do RAV4, ou seja, no mesmo patamar do actual C-HR. Embora, no caso desta nova proposta, com bastante mais estilo, além de com a possibilidade de contar (opcionalmente) com tracção integral.

É um pouco como nos anos 90, em que passaremos a ter mais do que um modelo para cada segmento, desde que sejam suficientemente diferentes entre si”, comentou Hollis.

O novo veículo deverá ter por base a mesma plataforma TNGA estreada com o Corolla, valendo-se, sob o capot dianteiro, de motores de quatro cilindros. Já uma versão híbrida não está, pelo menos para já, nos planos, mantendo-se disponível apenas no C-HR.

Em termos estilísticos, o novo produto deverá manter a linguagem de design exibida pelos protótipos FT-AC Concept, FT-4X Concept e TJ Cruiser Concept já mostrados, ou seja, com uma imagem mais orientada para o lifestyle e tendências urbanas, com inúmeras possibilidades de personalização. Prometendo, também nessa perspectiva, influenciar gerações futuras de modelos como o RAV4 ou o 4Runner, em termos de design. Com Hollis a confirmar, de resto, que os três últimos concepts apresentados destinaram-se, precisamente, a “avaliar a receptividade do público a esta nova linguagem de design”.

O novo crossover deverá chegar ao mercado dentro de dois a três anos, com um preço mais acessível que o do C-HR. Ou seja, e ainda segundo o mesmo responsável, por valores abaixo dos 20 mil dólares, pouco menos de 17 mil euros à cotação actual. E, como tal, ligeiramente mais barato que o C-HR, que nos EUA apresenta preços a partir de 22.500 dólares (perto de 19 mil euros).

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site