Música

Josh Homme, dos Queens of the Stone Age, pontapeou fotógrafa na cabeça durante concerto

268

Chelsea Lauren fotografava o concerto da banda norte-americana num festival de Natal quando foi pontapeada por Homme, momento capturado em vídeo e partilhado pela própria.

Kevin Winter/Getty Images for KROQ

O vocalista dos Queens of the Stone Age, Josh Homme, agrediu uma fotógrafa durante um concerto da sua banda no festival KROQ Acoustic Christmas, no sábado. Chelsea Lauren estava a fotografar o vocalista quando este lhe deu um pontapé na câmara e na cara.

“Graças ao Josh Homme passo a minha noite nas Emergências. Sinceramente, quem é que faz isto?”, publicou a fotógrafa da Shutterstock na sua página de Instagram, junto de um vídeo do incidente.

No vídeo pode ver-se Homme a passar por Lauren e a parar propositadamente para lhe dar um pontapé. “Foi obviamente muito intencional”, disse a fotógrafa à Variety, a quem descreveu o momento: “estava bastante excitada, nunca tinha fotografado os Queens of the Stone Age. Vi-o a vir e estava a fotografar. Dou por mim e o pé dele bate na minha câmara e a minha câmara bate na minha cara, com muita força. Ele olhou para mim, mandou a perna atrás e pontapeou-me na cara. Ele continuou a tocar, eu estava em choque. Parei de olhar para ele, baixei-me e agarrei-me à cara porque estava a doer bastante”.

Lauren ainda fotografou os concertos que se seguiram, dos 30 Seconds to Mars e dos Muse, mas dirigiu-se ao hospital para receber tratamento. Numa outra publicação, este domingo, a fotógrafa disse ter o pescoço dorido, a sobrancelha pisada e algumas náuseas. Chelsea partilhou ainda duas das fotos que tirou de Josh Homme imediatamente antes de ser pontapeada e uma após o vocalista ter, segundo diz, cortado “a própria cara com uma faca”. “Eu estava no fosso a chorar e ele olhou para mim a sorrir”, escreveu.

Thank you everyone that has reached out with supportive messages. A small update, as I'm being flooded with questions: My neck is a sore, my eyebrow bruised and I'm a bit nauseous. The doctor released me early in the morning. Here are three images. Two of them as Josh looked at me, smiled and then kicked me. The other one is later after he cut his own face with a knife. I was in the pit in tears – and he just stared at me smiling. Assault in any form is not okay, no matter what the reasoning. Alcohol and drugs are no excuse. I was where I was allowed to be, I was not breaking any rules. I was simply trying to do my job. I hold nobody accountable for this but Josh himself. KROQ has nothing to do with this and I will always support them. The irony is someone had thrown an ice cube on to the very slick catwalk before the QOTSA set. I was afraid that one of the band members might slip and hurt themselves so, when the lights went dark, I used my arm to wipe down the runway so nobody would hurt themselves. Thank you to @variety for their immediate concern and care with this matter. As of now, nobody from QOTSA has reached out to me. #queensofthestoneage #QOTSA #JoshHomme

A post shared by Chelsea Lauren (@chelsealaurenla) on

O momento em que Josh Homme terá cortado a própria cara (prática denominada ‘blading’, algo feito no mundo do Wrestling) foi apenas um dos momentos bizarros protagonizados pelo vocalista. Nesse mesmo concerto, Homme gritou “que se f**** os Muse”, que tocariam mais tarde, após ter chamado “retardados” ao público. Além disso, o vocalista dos QOTSA e membro dos Eagles of Death Metal pediu à audiência que o insultasse e que tirassem todos as calças pois queria dar-lhes uma “noite de que nunca se vão lembrar”. Não se sabe se Homme estava sob o efeito de álcool ou outro tipo de drogas.

O vocalista utilizou a página de Instagram da banda para apresentar um pedido de desculpas à fotógrafa, publicando dois vídeos em que aparenta estar emocionado: “Gostaria de pedir desculpas à Chelsea Lauren. Não tenho nenhuma justificação para o que fiz. Fui um completo idiota e estou sinceramente arrependido“.

“Cometi muitos erros na minha vida e ontem à noite foi definitivamente um deles. Quero ser um bom homem, mas acho que ontem à noite falhei nisso. (…) Vou ter de resolver algumas coisas, penso eu… O Rock and Roll é uma coisa maravilhosa, é suposto ajudar e salvar as pessoas, não estragá-las. Por isso, Chelsea Lauren, espero que estejas bem e estou profundamente arrependido. Entendo que tenhas de fazer aquilo que tenhas de fazer”, disse Homme no segundo de dois vídeos.

1/2

A post shared by QOTSA (@queensofthestoneage) on

2/2

A post shared by QOTSA (@queensofthestoneage) on

Os Queens of the Stone Age são uma das bandas com presença já confirmada para o festival NOS Alive, com concerto marcado para o dia 13 de julho.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site