Curiosidades Auto

Star Wars. Nissan vai à Guerra com estas “bombas”

Eis seis bólides que qualquer fã da saga "Star Wars" não se importaria de ter - ou não fossem eles inspirados em personagens e naves do filme. Ainda por cima, estão cheios de “extras”. Ora veja lá.

O mais recente “Star Wars” está a chegar aos cinemas, pelo que a Nissan, que colabora com a Lucasfilm, aproveitou para apresentar seis “modelos” inspirados em personagens e naves da saga. O que deu origem a um Nissan Altima Kylo Ren, um Nissan Rogue X-Wing com andróide BB-8 incluído ou, até mesmo, um Nissan Maxima Capitão Phasma.

Apresentados durante o Salão de Los Angeles, os seis veículos foram criados com base em modelos já existentes no mercado norte-americano, como é o caso dos SUV Nissan Rogue e Rogue Sport (proposta que na Europa é mais conhecida por X-Trail), do sedan médio Altima e do sedan de grande porte Maxima.

As transformações feitas nos três modelos foram levadas a cabo pelos elementos da Lucasfilm, tendo sempre como objectivo adaptar o carro a uma determinada personagem. Não faltando sequer elementos adicionais, tais como os gráficos de imersão em água, sons envolventes e uma decoração exterior capaz de simular a utilização em combate. Eis o resultado final:

1. Nissan Altima Forças Especiais TIE Fighter

O sedan mais vendido da Nissan nos EUA, o Altima, foi convertido num membro da frota da Primeira Ordem, destacando-se na sua decoração o pára-brisas, que recria o aspecto frontal do caça das Forças Especiais. A que soma ainda umas jantes espectaculares e um kit aerodinâmico, que remetem para as linhas das naves do Império Galáctico.

2. Nissan Altima Kylo Ren

Baseado igualmente no sedan Nissan Altima, exibe uma frente totalmente em alumínio que não esconde a inspiração na famosa máscara negra ou prateada de Kylo Ren, mestre do Lado Negro da Força. Do “disfarce” fazem ainda parte faróis vermelhos, um aileron dianteiro e iluminação debaixo da carroçaria, a imitar o sabre de luz laser que o personagem empunha.

3. Nissan Maxima TIE Silencer de Kylo Ren

Nave pessoal do vilão Kylo Ren, mas que é também uma novidade na saga, foi desenhada segundo as especificações do próprio mestre do Lado Negro da Força. Não só para alcançar grandes velocidades no espaço, mas também como uma máquina de guerra, com canhões laser e mísseis junto às portas, e que se estendem ao longo da carroçaria. A iluminação encarnada nas ópticas e à frente, juntamente com os sons que emite, dão a este Nissan Maxima uma imagem verdadeiramente ameaçadora.

4. Nissan Maxima Capitão Phasma

Com uma estética inconfundivelmente associada à Primeira Ordem, este Nissan Maxima surge coberto por uma armadura prateada, construída em alumínio, a que se soma a máscara do Capitão Phasma. Uma fina linha vermelha trespassa toda a carroçaria, dando ao veículo um ar fortemente teatral.

5. Nissan Rogue Poe Dameron X-Wing com BB-8

Nave que lidera a frota estelar da Nova República com as suas enormes asas fixas, este caça estelar (com rodas) conta com um par de propulsores iluminados, além de integrar canhões laser quádruplos, prontos para a batalha. Já no topo da carroçaria, um androide BB-8 em tamanho real, com movimento e sons incluídos, a que se somam ainda pneus e jantes que são uma verdadeira homenagem à Resistência.

6. Nissan Rogue Sport A Wing

Equipado com dois propulsores duplos atrás e as asas da lendária nave A Wing sobre o tecto, este Nissan Rogue Sport destaca-se ainda pelas rodas pintadas de cor azul, a juntar a uma série de detalhes na carroçaria. Como é o caso dos canhões laser, prontos para entrar em acção a qualquer momento.

Participe nos Prémios Auto Observador e habilite-se a ganhar um carro

Vote no primeiro concurso em Portugal dedicado ao automóvel cuja votação é exclusivamente online. Aqui quem decide são os leitores e não um júri de “especialistas” e convidados.

Participe nos Prémios Auto Observador e habilite-se a ganhar um carroVote agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Debate

Desimportantizar os caraoqueiros

Paulo Tunhas

O pensamento-karaoke funciona como obstáculo a que se procure entender o que se passa à nossa volta. Os caraoqueiros estão-se, de resto, nas tintas. Só querem caraocar mais alto do que os outros.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site