Cultura

No sofá deitado, no sofá estendido: o que passa na televisão este Natal?

482

Há pessoas para quem ter um santo Natal significa ficar sossegado no sofá, com o comando na mão, a abrir todos os presentes que a programação televisiva tem para oferecer. Sugerimos várias hipóteses.

Sim, vai haver "Sozinho em Casa", o 2, na SIC, dia 25 às 15h40. Está tudo controlado

Autor
  • Catarina Homem Marques

Os doces não vão fugir para lado nenhum – aliás, tendem a durar cerca de uma semana ou duas além das festas –, nem sempre dá para estar com a família, e há que dar bom uso às meias quentes e pantufas que estão debaixo da árvore. Por isso, com pelo menos dois dias de sossego caseiro pela frente, o Natal também pode ser uma época de comunhão com o televisor lá de casa.

Todas as pessoas sabem disso, os canais de televisão sabem disso, o Pai Natal sabe disso (porque ele sabe tudo o que as pessoas todas andam a fazer) e é natural que haja filmes, programas especiais, clássicos incontornáveis e até bastante desporto para acompanhar já a partir da consoada pelas televisões do país. Seguem abaixo algumas hipóteses de boas festas caseiras.

Não há Natal sem árvore, sem bolo-rei e sem estes clássicos

Há momentos televisivos natalícios que já são quase uma piada, de tão comuns. Já toda a gente os viu, já toda a gente gozou com alguém por estar a vê-los, mas também toda essa gente ficaria desiludida se eles não voltassem – um pouco como aquela música da Mariah Carey.

A grande saga dos clássicos começa, claro, com o Natal dos Hospitais. Ele aí estará de novo, com emissão na RTP1 na véspera de Natal, às 11h30 e às 16h30. E também não podemos sair de dia 24 de Dezembro sem… circo. O ponto alto tem sido nos últimos anos o Festival Internacional de Circo de Montecarlo (23h15, SIC), mas há alguns desdobramentos dentro deste universo para os verdadeiros adeptos – este ano, há um especial de Natal de Luís de Matos – Impossível (23h50, RTP1) e o Slava’s Snowshow (3h10, RTP2).

Agora, rufem os tambores, e antes que alguém passe mal com a ansiedade: sim, vai haver “Sozinho em Casa” (o segundo filme, já no dia de Natal, às 15h40, na SIC). E também vai haver “O Amor Acontece” (24 de Dezembro, 23h, Fox Movies). E, sim, claro, “Música no Coração” (25 de Dezembro, 15h40, RTP1). Num só parágrafo, estão cumpridos os mínimos.

Mas há mais. Aqueles clássicos mesmo clássicos de Natal, como “Um Conto de Natal” (dia 24, 23h, Fox Movies) ou o “Grinch” (25, 23h, SyFy). Aqueles outros que o Natal foi adoptando, como “Ghost – Espírito do Amor” (24, 17h50, Fox Life) ou “Do Cabaré para o Convento” (25, 18h30, AXN Black). E as mais recentes presenças regulares, do universo Harry Potter e Tolkien, que este ano aparecem na grelha natalícia com spin offs como “Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los” (25, 19h15, TVC1) ou “Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos” (25, 1h30, SIC).

A terminar, fica aquele clássico intemporal, um momento televisivo sempre cheio de emoções fortes, amores, ódios, intriga: a Mensagem de Natal do Primeiro-Ministro, que vai acontecer no dia 25 de Dezembro, às 21h, na RTP1.

Um sapatinho cheio de cinema

Se tem espaço no estômago para chegar ao sétimo sonho açucarado, terá também espaço no Natal para a sétima arte. Os filmes serão, a par com filas nas lojas e trânsito à saída das cidades, uma das coisas mais certas desta época. E nada como aproveitar.

Há, claro, uma vasta escolha no universo dos filmes de animação, o que cumpre a função dupla de entreter as crianças e distrair os adultos. Aqui vai um possível guião: começara abrir o apetite a 24 de Dezembro com “Ratatui” (13h55, SIC), passar para o mais recente “Vaiana” (19h40, TVC1), aproveitar a estreia em canal aberto de “Frozen: Uma Aventura de Olaf” (21h15, SIC) e concluir a consoada com ursos fofinhos a rebolar em “O Panda do Kung Fu 3” (23h, TVC1); a 25 de Dezembro, pode arrancar logo com a manhã da SIC – que vai ter “Toy Story 2” e “A Idade do Gelo” –, seguir para “Monstros: A Universidade” (14h35, Hollywood) e depois entrar no universo da animação que ganha corpos de carne e osso com “A Bela e o Monstro” (17h, TVC1).

Os adultos que queiram disfarçar um pouco o gozo de ver desenhos animados com filmes mais maduros também podem anotar um possível caminho: começar a 24 de Dezembro com o oscarizado “As Serviçais” (18h50, Fox Movies), dividir a noite da consoada entre “A Vida de Pi” (21h20, Fox Movies) e o “Quarteto Fantástico” (23h40, Fox), e aguentar na madrugada para chegar até “Brilhantina” (“Grease”, para os amigos, 1h35, SIC); a 25 de Dezembro vai haver super-heróis com “Suicide Squad” (14h50, TVC1), comédia com “Bridesmaids” (18h25, CineMundo), a vida de Hawking em “A Teoria de Tudo” (21h15, Fox Movies) e um bom clássico do cinema para encerrar: “O Pai Tirano” original, às 22h, na RTP Memória.

E como o Natal junta fim-de-semana e feriado, permite também as apostas de grande fôlego, que este ano vêm com duas propostas irrecusáveis: uma maratona de “Regresso ao Futuro”, ao gosto de nostálgicos e millenials (I, II e II, no dia 24, das 16h30 às 22h10, AMC), e vários filmes de Hitchcock para quem sente que a época natalícia é um filme de terror (dia 25 vai haver “Vertigo”, “Psico” e “Pássaros” a começar às 13h30 no Fox Movies).

Rabanadas e reviengas

Há alguns períodos tristes para os amantes de desporto, que se veem de repente privados da sucessão de jogos e campeonatos e modalidades a que estão habituados. Acontece que o Natal, ao contrário do que alguns pensam, tem muita fartura de bolas a rolar – e não se está aqui a falar do peso que toda a gente ganha.

A 24 de Dezembro, por exemplo, há um jogo importante da NFL, uma óptima forma de descarregar energia: os New Orleans Saints contra os Atlanta Falcons (18h, SportTV1). E o dia de Natal é a data de um dos mais aguardados embates da NBA, entre as duas equipas que têm partilhado o reinado do basquetebol nos últimos anos: os Golden State Warriors de Stephen Curry e Kevin Durant e os Cleveland Cavaliers de LeBron James e Kevin Love (20h, SportTV1). E no mesmo canal há ainda mais dois confrontos da NBA, entre os New York Knicks e os Philadelphia Sixers (17h) e entre os Boston Celtics e os Washington Wizards (22h30).

Depois, e ainda que seja já a 26 de Dezembro, não há como esquecer uma das mais bonitas e antigas tradições de Natal do mundo ocidental: o boxing day. É aquele dia em que as equipas da Premier League se confrontam, qual festa de família dentro dos estádios de toda a Inglaterra. Na televisão portuguesa, quatro desses jogos terão transmissão directa: Tottenham x Southampton (12h30, SportTV3), Manchester United x Burnley (15h, SportTV3), Chelsea x Brighton (15h, SportTV2) e Liverpool x Swansea (17h30, SportTV3).

Dá sempre para ter mais comida, mais risota, mais drama familiar

Se não é pessoa de clássicos, de filmes ou de desporto, há ainda assim, de certeza, alguma coisa que o Pai Natal pôs na televisão só para si.

Quem não se cansa de comida nem com a mesa cheia de peru e bacalhau, pode aproveitar os dois especiais de Natal para foodies que a SIC Mulher preparou: os dois episódios de Natal do Great British Bake Off (24, 14h15) ou o Simply Nigella Christmas Special (25, 11h45).

Quem está nisto mais pela comédia, vai gostar de rever o Herman Enciclopédia: Natal (24, 3h, RTP Memória) ou de escolher um dos episódios natalícios de séries da SIC Comédia como “Os Goldberg”, “Foi Assim Que Aconteceu” ou “Family Guy”, que estão disponíveis on demand a partir do Fox Play em qualquer dia.

E como esta é uma festa da família, nada como aproveitar o dia inteiro de Natal para se pôr a par da vida de uma das famílias mais famosas do mundo: os Kardashian. A temporada 13 de Keeping Up With the Kardashians vai estar em maratona, entre as 9h e as 23h de dia 25, para ajudar toda a gente a pôr os seus dramas familiares em perspectiva.

Se, ainda assim, lhe está a faltar um bocado de religião e não conseguiu apanhar nenhuma das missas que vão ser emitidas por estes dias (há várias em sinal aberto, é só ir mudando de canal), nada como encerrar este lista e o próprio dia de Natal a ouvir a voz daquele que é o mais cotado Deus de Hollywood: toda a segunda temporada de “A História de Deus” com Morgan Freeman vai ser emitida a partir das 21h15, dia 25, no National Geographic. Tenha um feliz e preguiçoso Natal.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Debate

Desimportantizar os caraoqueiros

Paulo Tunhas

O pensamento-karaoke funciona como obstáculo a que se procure entender o que se passa à nossa volta. Os caraoqueiros estão-se, de resto, nas tintas. Só querem caraocar mais alto do que os outros.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site