Nova Iorque

Pintura gigante de pénis em Nova Iorque foi apagada

118

Artista pintou um pénis gigante num edifício na Broome Street, no Lower East Side de Manhattan. A pintura apareceu na véspera de Natal, mas foi apagada esta quarta-feira por ordem do dono do prédio.

Imagem: Levine Roberts/Sipa USA/Rex/Shutterstock (via The Guardian)

Levine Roberts/Sipa USA/Rex/Shutterstock

Uma artista pintou um pénis gigante num edifício na Broome Street, no Lower East Side de Manhattan, que suscitou curiosidade mas, também, incómodo a alguns residentes. A pintura apareceu na véspera de Natal, mas foi apagada esta quarta-feira por ordem do dono do prédio.

Não foi o primeiro órgão sexual pintado por Carolina Falkholt, que nasceu na Suécia. Próximo do local onde surgiu o pénis (pintado a rosa, vermelho e laranja) está uma imagem da genitália feminina, ainda que de forma um pouco mais abstrata.

Já em 2013, Carolina causou polémica por causa de uma pintura numa parede de uma escola na Suécia, que lançou um debate sobre educação sexual por retratar a sexualidade feminina. Agora, em Nova Iorque, Carolina continua a causar polémica mas sobretudo, segundo a própria, muitos risos e boa disposição entre as pessoas que passavam.

A pintura foi encomendada por uma fundação artística, vocacionada para a arte urbana. Ao The Guardian, a autora diz que o seu trabalho tem, muitas vezes, o objetivo de levar as pessoas a “não terem vergonha do seu corpo”. “Geralmente pinto vaginas e c**** gigantes, mas achei que fazia falta uma p**** e o espaço naquele edifício na Broome Street era perfeito”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: ecaetano@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site