ASAE

ASAE apreende 60 carcaças de leitão no valor de 3.870 euros

119

A ASAE apreendeu 60 carcaças de leitão numa ação de combate ao abate clandestino, no valor de 3.870 euros. Três pessoas foram detidas em flagrante delito.

MIGUEL A. LOPES/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu, durante a época festiva, 60 carcaças de leitão no valor de 3.870 euros, instaurou dois processos-crime e deteve três pessoas, segundo um comunicado divulgado esta terça-feira.

“A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, através das suas Unidade Regional Sul e Unidade Regional do Centro, realizou durante o último período festivo ações de fiscalização no âmbito do combate ao abate clandestino, atendendo aos riscos associados ao consumo de carne proveniente de estabelecimentos não licenciados para o efeito, tendo detetado, em instalações improvisadas, a presença de leitões assados e diversas carcaças de leitão, abatidas clandestinamente”, segundo o comunicado.

Como resultado das ações, foram instaurados dois processos-crime por abate clandestino e apreendidas cerca de 60 carcaças de leitão, num valor total de 3.870 euros.

De acordo com a ASAE, os leitões destinavam-se a diversos clientes, tendo sido abatidos sem “qualquer controlo sanitário”, em instalações com falta de higiene e sem água portável, “comprometendo fortemente” a segurança dos géneros alimentícios em causa.

A ASAE avança ainda que foram detidos três indivíduos em flagrante delito, responsáveis pelas práticas descritas.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Serviço Nacional de Saúde

Salvar o SNS

Fernando Leal da Costa
103

A proposta de lei de António Arnaut e João Semedo cristaliza o financiamento do SNS e do direito à proteção de saúde num modelo que já está falido e não consegue deixar de ser sub-financiado.

Presidente Trump

As semelhanças entre Obama e Trump

João Marques de Almeida

A eleição de Trump foi a derrota das elites bem pensantes e do establishment dos media, que prefere escrever para os seus egos e os seus pares em vez de tentar entender o que se está a passar nos EUA.

Vladimir Putin

Síria: não há forma de lavar a hipocrisia 

José Milhazes

Lavrov apoiou a acção turca porque os ataques visam curdos e outras forças sírias apoiadas pelos EUA. Não é difícil imaginar o regozijo reinante no Kremlin face à luta entre parceiros da NATO na Síria

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site