Palestina

Donald Trump ameaça cortar a ajuda financeira aos palestinianos

289

Donald Trump fez uma publicação no Twitter, dizendo que os palestinianos não têm qualquer respeito pelos EUA, razão pela qual ameaçou cortar toda a ajuda financeira.

MICHAEL REYNOLDS/EPA

O Presidente norte-americano ameaçou esta quarta-feira cortar a ajuda financeira dos EUA à Autoridade Palestiniana, ao mesmo tempo que considerou que o processo de paz no Médio Oriente parece estar atolado.

Durante uma série de mensagens na rede social Twitter, Donald Trump afirmou: “Pagamos aos palestinianos CENTENAS DE MILHÕES DE DÓLARES [em maiúsculas] e não temos qualquer estima ou respeito. Eles nem sequer querem negociar um há muito devido (…) tratado de paz com Israel”.

“Com os palestinianos sem qualquer vontade de falar de paz, por que lhes deveremos fazer qualquer um destes massivos pagamentos futuros?”, questionou.

Trump enfureceu muitos quando anunciou, no final de 2017, que os EUA iriam considerar Jerusalém como capital de Israel e mudar para aí a sua embaixada. Desde há muito que Trump diz que pretende intermediar um acordo de paz no Médio Oriente, classificando-o como “o último acordo”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site